Quartararo foge e vence na Grã-Bretanha. Aleix Espargaró dá à Aprilia 1º pódio

Fabio Quartararo não conseguiu a pole, mas foi brilhante no domingo, superou os rivais e sumiu na frente para vencer o GP da Grã-Bretanha, ampliando a liderança do campeonato. Álex Rins e Aleix Espargaró fecharam o pódio em Silverstone

Sergio Pérez bate carro da Red Bull na volta de saída aos boxes para a largada do GP da Bélgica (Vídeo: F1)

Fabio Quartararo avisou depois da classificação: bom mesmo é o ritmo de corrida na Grã-Bretanha. Neste domingo (29), o piloto da Yamaha provou porque é o líder do campeonato e venceu com autoridade em Silverstone. Largando em terceiro, o francês precisou superar os irmãos Espargaró para levar mais uma prova em 2021.

Quando assumiu a liderança, Quartararo sumiu na frente e ficou tranquilo na primeira posição. Depois de ficar longe do degrau mais alto do pódio na rodada dupla na Áustria, recuperou-se em Silverstone e mostrou estar cada vez mais próximo do título.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Fabio Quartararo em ação no GP da Grã-Bretanha (Foto: Yamaha)

LEIA TAMBÉM
# MotoGP tem seis fábricas diferentes no top-6 pela primeira vez em 49 anos

Vencedor na Grã-Bretanha em 2019, Álex Rins fez boa prova de recuperação, conseguiu ultrapassagens ousadas e terminou na segunda posição. O espaço final no pódio ficou com Aleix Espargaró, que colocou a Aprilia no top-3 pela primeira vez na Era MotoGP.

Jack Miller ficou em quarto, seguido por Pol Espargaró. Brad Binder, Iker Lecuona, Álex Márquez, Joan Mir e Danilo Petrucci fecharam o top-10. Johann Zarco foi apagado e terminou apenas em 11º, enquanto Francesco Bagnaia perdeu rendimento ao longo da prova e ficou em 14º.

Com o resultado, Quartararo chegou aos 206 pontos e abriu 65 de margem para Mir, que assumiu o segundo posto na classificação. Zarco agora é o terceiro, seguido por Bagnaia e Miller.

A MotoGP volta a acelerar no próximo dia 12 de setembro, com o GP de Aragão, no MotorLand. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
# Quartararo volta a vencer na MotoGP e amplia vantagem para Mir

Saiba como foi o GP da Grã-Bretanha de MotoGP:

A MotoGP encontrou o céu nublado neste domingo em Northamptonshire. Às vésperas da largada no traçado inglês, a temperatura era de 16°C, com o asfalto chegando a 23°C. A umidade relativa do ar estava em 69%, com o vento soprando a 16 km/h.

Para este fim de semana, a Michelin levou para a tradicional pista inglesa os pneus macios, médios e duros, com os traseiros todos em perfil assimétrico. Todos os pilotos partiram para a pista com o médio na dianteira, mesma opção da maioria para a traseira. Johann Zarco colocou pneu duro atrás, enquanto Enea Bastianini, Takaaki Nakagami e Pol Espargaró optaram pelo macio.

Esta lista provisória, porém, sofreu modificações, já que alguns pilotos trocaram os calçados. Fabio Quartararo, Joan Mir, Francesco Bagnaia e Jake Dixon mudaram para os macios na dianteira. Pecco e Marc Márquez também trocaram para a borracha mais suave na traseira.

Encerrando um jejum de 14 corridas seguidas sem poles da Honda ― a maior seca da montadora japonesa desde o retorno ao Mundial de Motovelocidade, em 1982 ―, Pol Espargaró alinhou na ponta do grid pela primeira vez com a RC213V e, no apagar das luzes, conseguiu manter a dianteira, seguido por Fabio Quartararo e Aleix Espargaró no GP da Grã-Bretanha.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

A agitada largada na Grã-Bretanha (Vídeo: MotoGP)

Ainda nos metros iniciais, Aleix passou Quartararo, mas Pecco logo aproveitou para mergulhar e tomar o segundo posto. Pouco depois, na esteira de um toque anterior, Marc Márquez caiu na Club, a curva 9, ao tentar ultrapassar e acabou coletando Jorge Martín. Os dois, porém, não se machucaram, mas só o titular da Aspar conseguiu fazer a moto funcionar, ainda que tenha voltado para os boxes pouco depois.

Aleix, então, passou Bagnaia para formar um 1-2 familiar, 0s3 atrás do irmão caçula. Quartararo era o quarto, seguido por Miller, Rossi, Mir e Rins. Joan, aliás, atacou e tomou o sexto lugar de Valentino.

No melhor fim de semana com a Honda, Pol seguia firme e forte na ponta, já 0s4 à frente do irmão mais velho. Quartararo, por outro lado, tinha acabado de subir para terceiro na Grã-Bretanha, passando Bagnaia. Mais atrás, Rins passou Rossi para ser sétimo.

Sem muita demora, Quartararo passou Aleix e assumiu o segundo posto. O piloto da Aprilia chegou a cair para a quarta colocação após ser superado por Bagnaia, mas conseguiu reagir para ser terceiro.

Fabio Quartararo tomou a liderança de Pol Espargaró e fugiu na Grã-Bretanha (Vídeo: MotoGP)

Na volta cinco, Fabio não só colou em Pol, mas fez uma bela ultrapassagem por dentro para assumir o comando da disputa, de cara abrindo mais de 0s5 de frente.

Mais atrás, as Suzuki peitaram Jack Miller, que caiu para sétimo após ser superado por Mir e Rins numa bobeada na curva 1. Rossi era o oitavo, com Álex Márquez coladinho atrás.

Em meados da volta 6, Aleix passou Pol para assumir o segundo posto, já com mais de 1s de atraso para Quartararo.

As Suzuki, por sinal, seguiram incendiando a corrida. Os dois passaram Bagnaia em um erro do italiano na Stowe, a curva 7, e Rins ainda tomou a frente do companheiro de equipe para ocupar a quarta colocação.

Na volta 8, Rins conseguiu passar Pol para subir para o terceiro posto, já 0s6 atrás de Aleix. O piloto da Aprilia, por sua vez, tinha 2s279 de atraso para Quartararo.

Rins passou Pol Espargaró e subiu para terceiro (Vídeo: MotoGP)

Mais atrás, Valentino vinha se defendendo da pressão de Takaaki Nakagami, que tentava tomar a nona colocação. 11º, Brad Binder ia tentando chegar por ali.

Dono de um bom ritmo ao longo de todo o fim de semana na Grã-Bretanha, Quartararo foi escapando mais e mais. Na 11ª das 20 voltas previstas, o francês de Nice já sustentava 3s de frente na ponta da corrida.

Mais atrás, Aleix seguia sonhando com o pódio, mas Rins ia chegando mais e mais perto. Na volta 12, o piloto da Suzuki passou, aproveitando uma escapadela de Aleix na curva. Pol também chegou mais pertinho, mas ainda sem ameaçar mais fortemente.

Miller tinha recuperado a quinta colocação em relação a Mir, mas já tinha 1s5 de atraso para pol. Álex Márquez agora era o sétimo, diante de Bagnaia. Nakagami vinha em nono, diante de Binder, Zarco e Rossi.

Rins aproveitou erro de Aleix Espargaró e ganhou uma posição (Vídeo: MotoGP)

Sem conseguir atacar Aleix, Pol errou e perdeu a quarta colocação para Miller. O mais velho dos Espargaró ainda ia tentando acompanhar Rins, mas sem conseguir se colocar como uma grande ameaça.

Com só quatro voltas para o fim do GP da Grã-Bretanha, Quartararo ia beirando os 4s de frente, com Aleix ainda empenhado em manter contato com Rins e, ao mesmo tempo, fugir das garras de Miller.

No giro seguinte, porém, a coisa complicou para o piloto da Aprilia, já que Rins escapou um pouco mais e Jack encostou um tiquinho. A RS-GP, contudo, respondeu à ação de Aleix, que conseguiu afastar um pouco mais do australiano.

Álex Rins conseguiu o primeiro pódio de 2021 (Vídeo: MotoGP)

Mais atrás, Mir não dei conta de segurar Binder, que subiu para sexto. Logo em seguida, Álex Márquez também passou o espanhol de Palma de Maiorca. Pouco depois, Iker Lecuona também deixou o campeão vigente para trás.

Na abertura da última vota, Miller tinha 0s3 de atraso para Aleix, que ia segurando muito bem o titular da Ducati. Em meados do derradeiro giro, Jack colou muito, chegou a passar, mas levou o troco, com Aleix assegurando o último posto do top-3 com 0s149 de margem.

VEJA TAMBÉM
O calendário da temporada 2021 da MotoGP

MotoGP 2021, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, Corrida:

1F QUARTARAROYamaha40:20.57920 voltas
2A RINSSuzuki+2.663 
3A ESPARGARÓAprilia Gresini+4.105 
4J MILLERDucati+4.254 
5P ESPARGARÓHonda+8.462 
6B BINDERKTM+12.189 
7I LECUONATech3 KTM+13.560 
8A MÁRQUEZLCR Honda+14.044 
9J MIRSuzuki+16.226 
10D PETRUCCITech3 KTM+16.287 
11J ZARCOPramac Ducati+16.339 
12E BASTIANINIAvintia Ducati+17.696 
13T NAKAGAMILCR Honda+18.285 
14F BAGNAIADucati+20.913 
15L MARINIAvintia VR46 Ducati+21.018 
16M OLIVEIRAKTM+22.022 
17C CRUTCHLOWYamaha+23.232 
18V ROSSISRT Yamaha+29.758 
19J DIXONSRT Yamaha+50.845 
20J MARTÍNPramac DucatiAbandonou 
21M MÁRQUEZHondaAbandonou 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar