Bagnaia questiona punição após perder pole: “Bandeiras precisam estar visíveis”

Francesco Bagnaia entendeu, mas não ficou muito satisfeito por perder a pole em Portimão após desrespeitar bandeiras amarelas. O italiano questionou a visibilidade da sinalização durante a classificação do GP de Portugal

Jorge Martín caiu no fim do terceiro treino livre para o GP de Portugal (Vídeo: MotoGP)

Uma polêmica movimentou a classificação para o GP de Portugal, terceira da MotoGP na temporada 2021. Nos segundos finais da sessão, Francesco Bagnaia marcou a melhor volta do dia, mas logo depois foi punido por desrespeitar bandeiras amarelas após o acidente de Miguel Oliveira. Com isso, caiu para 11º e viu Fabio Quartararo ficar com a pole.

Após o treino, o piloto da Ducati comentou sobre o incidente e reclamou da falta de visibilidade das bandeiras amarelas no trecho do acidente de Oliveira. Uma crítica semelhante à feita por Pol Espargaró.

“A regra existe, tem de ser respeitada, mas as bandeiras precisam estar visíveis e não dava para vê-las naquele ponto. Painéis? Sim, mas nos locais certos. Eu preciso levantar a moto, então é difícil”, disse Pecco.

Francesco Bagnaia foi punido por desrespeitar bandeiras amarelas na classificação do GP de Portugal (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“As regras existem e precisam ser cumpridas, ainda que neste caso eu não concorde. Sou um piloto correto, que desiste imediatamente de acelerar quando vê uma situação de perigo, mas eu não vi, nem a bandeira, nem o piloto no chão, ou eu teria abrandado. O bom é que eu me diverti muito e me sinto bem com o ritmo”, ponderou.

Apesar do atraso na posição de largada, Bagnaia ainda não entregou os pontos em Portugal, mesmo que reconheça que terá uma missão dura pela frente.

“A corrida não está totalmente comprometida, mas nesta MotoGP, se não largar nas duas primeiras filas, é preciso lutar muito. Eu estou mirando pelo menos o top-5, terei de recuperar de quatro a cinco posições já na primeira volta, mas não mudarei a estratégia de pneus, ainda que tenha de forçar 100% e não poderei economizá-los. Espero que, no final, o consumo seja bom”, completou o italiano.

O GP de Portugal, em Portimão, é a terceira etapa da temporada 2021 do Mundial de MotovelocidadeAcompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre a MotoGP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube