Miller celebra evolução e faz aposta na MotoGP: “Ducati do ano que vem vai dominar”

Australiano ressaltou o passo dado pela Desmosedici entre 2020 e 2021 e considerou que a marca italiana tem potencial para ser dominante no próximo ano da MotoGP

O QUE ESPERAR DE PETRUCCI NA NOVA AVENTURA NO DAKAR | GP às 10

Jack Miller fez uma aposta alta na Ducati para a temporada 2022 da MotoGP. Depois de fechar o ano com a quinta colocação no Mundial, o australiano avaliou que a casa de Bolonha tem potencial para dominar a classe rainha.

A casa de Borgo Panigale teve uma das melhores temporadas na MotoGP da história. 2007 segue sendo o ano do único título, mas 2021 registrou um recorde de 24 pódios no ano, conquistados não só por Miller, mas também por Francesco Bagnaia, Johann Zarco, Jorge Martín e Enea Bastianini. Luca Marini foi o único entre os pilotos Ducati a ficar fora do top-3.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Jack Miller elogiou a nova moto da Ducati (Foto: Divulgação/MotoGP)

Bagnaia acabou derrotado por Fabio Quartararo na disputa pelo título, mas a Ducati se mostrou a moto mais forte do grid, com o italiano conquistando quatro vitórias nas últimas seis corridas do ano.

Depois de testar a versão 2022 da Desmosedici em Jerez, Jack fez uma previsão animadora para Bolonha.

“Acho que a Ducati do ano que vem vai dominar, porque com a GP21, resolveram os problemas da GP20. No fim desta temporada, fomos capazes de dominar e não estou falando de mim, mas de Pecco e dos demais. Estivemos na frente na maior parte dos fins de semana”, disse Miller. “Estamos dando passos adiante com as melhoras, então temos uma boa oportunidade de dominar”, completou.

Companheiro de equipe, Bagnaia também se mostrou satisfeito com o trabalho dos engenheiros e classificou a nova moto como “perfeita”.

LEIA TAMBÉM
Ducati segue no jejum, mas mostra força inédita na MotoGP e já assusta para 2022
Yamaha vence com Quartararo, mas precisa ficar alerta com deficiências para 2022
Suzuki estaciona sem comando de Brivio e faz temporada apagada na MotoGP 2021
Com Márquez mais ou menos, Honda sofre na MotoGP e busca rumo para 2022
# KTM até vence, mas decepciona e fica abaixo da expectativa na MotoGP em 2021

GRANDE PRÊMIO lança especial que celebra carreira de Valentino Rossi. ACESSE
PARCEIROS E RIVAIS: COMO GARDNER E RAÚL FERNÁNDEZ ENTRAM NA MOTOGP | GP às 10

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar