Miller se irrita com Mir após toque em Austin e ignora desculpas: “Não é a primeira vez”

Jack Miller mostrou-se cansado das manobras agressivas do rival Joan Mir na pista e evitou aceitar as desculpas. Os dois se encontraram na volta final do GP das Américas, com o espanhol recebendo uma punição pelo incidente

Jack Miller teve um agitado final de corrida em Austin, quando enfrentou dificuldades com os pneus e perdeu rendimento. O pior para o australiano, porém, estava guardado para a última volta, caindo de sexto para oitavo após receber um toque de Joan Mir.

Após o GP das Américas, os dois pilotos foram vistos discutindo na pista, com o australiano visivelmente irritado e chegando a segurar o capacete do rival. Nas entrevistas depois da corrida, Miller manteve o discurso e não aceitou as desculpas do atual campeão mundial, que acabou punido com a perda de uma posição na classificação final.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Quartararo tem primeiro match-point da temporada em Misano. Confira classificação

Jack Miller confrontou Joan Mir após o incidente (Foto: Reprodução/MotoGP)

“As desculpas do Mir? Não me dizem nada. Não é a primeira vez, seja aqui, em Misano, Assen, onde for. A lista de lugares onde isso aconteceu só aumenta. Acho que sou um dos pilotos mais limpos do grid. Claro que posso ser agressivo quando é necessário, mas tento não entrar em contato com todo mundo que está ao meu lado, tento ultrapassar e ser o mais limpo possível”, disse Miller.

“Neste caso, nem sei, perdi a conta do número de vezes que isso aconteceu nesta temporada. Tento apenas continuar o meu trabalhar. Em Misano, aconteceu o mesmo e caí de quarto para sexto. Em Austin, fui de sexto para oitavo. Nem faz sentido, ele [Mir] nem percebe que perde tempo ao abrir a culpa, permitindo que outros o ultrapassem. Se é assim que ele quer pilotar… bem, cada um faz as coisas à sua maneira”, completou.

Além dos incidentes descritos por Miller, houve uma polêmica entre os dois pilotos no início da temporada, no GP do Catar, quando o piloto da Ducati jogou a moto contra o rival no início da reta após alguns toques durante uma disputa pelas primeiras posições. Ambos saíram da briga e terminaram fora do pódio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar