Lorenzo põe lenha na fogueira e diz que Marc Márquez “não queria” Rossi campeão em 2015

Em entrevista ao serviço de streaming espanhol DAZN, o tricampeão da MotoGP afirmou que, após os episódios dos GPs da Argentina e da Holanda, Marc Márquez não quis mais que Valentino Rossi conquistasse o título da MotoGP. Há seis anos, o multicampeão acusa o titular da Honda de atuar em favor do agora ex-piloto

O QUE ESPERAR DE PETRUCCI NA NOVA AVENTURA NO DAKAR | GP às 10

Jorge Lorenzo colocou mais lenha na fogueira. Passados mais de seis anos desde o início da polêmica, o tricampeão da MotoGP afirmou que Marc Márquez não queria Valentino Rossi campeão em 2015, ecoando a acusação feita pelo piloto de Tavullia.

Na reta final da temporada 2015, quando Rossi e Lorenzo disputavam o título, o italiano aproveitou uma coletiva na Malásia para acusar Márquez de ter atuado em favor de Lorenzo no GP da Austrália. A acusação acabou mudando os rumos do campeonato daquele ano, já que resultou em um duelo mais intenso entre Valentino e Marc em Sepang.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Jorge Lorenzo disse que Marc Márquez não queria Valentino Rossi campeão (Foto: Repsol)

RANKING GP
# As notas dos pilotos da MotoGP na temporada 2021

Naquela ocasião, um toque culminou com uma queda de Márquez e com a Honda acusando Rossi de tê-lo chutado. Os comissários da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) entenderam que isso não aconteceu, mas puniram a agressividade do italiano com um ponto no extinto sistema de pontos de punição. Como já tinha outros dois pontos, Valentino teve de largar em último no GP da Comunidade Valenciana, encerramento do campeonato, e acabou superado por Lorenzo na disputa por só cinco pontos, já que o piloto de Palma de Maiorca venceu e o #46 ficou apenas em quarto.

Falando ao serviço de streaming espanhol DAZN, Lorenzo lembrou outros dois momentos como determinantes naquele ano: os GPs da Argentina, quando Márquez caiu depois de um duelo com Rossi, e da Holanda, quando os dois se tocaram, mas Valentino conseguiu vencer.

Durante uma participação no EICMA, o Salão das Duas Rodas de Milão, Rossi foi questionado sobre as declarações de Lorenzo e respondeu: “Sei muito bem como foi e não me surpreende, pois foi exatamente assim. Me surpreende? Ah, não. É genial que ele diga, mas muda pouco para mim, pois eu já sei como foi”.

Rossi e Lorenzo, aliás, vão voltar a se encontrar ainda neste ano, já que o italiano convidou o ex-companheiro de Yamaha para os 100 km dos Campeões, um tradicional evento no Rancho Motor de Valentino.

LEIA TAMBÉM
Ducati segue no jejum, mas mostra força inédita na MotoGP e já assusta para 2022
Yamaha vence com Quartararo, mas precisa ficar alerta com deficiências para 2022
Suzuki estaciona sem comando de Brivio e faz temporada apagada na MotoGP 2021
Com Márquez mais ou menos, Honda sofre na MotoGP e busca rumo para 2022
KTM até vence, mas decepciona e fica abaixo da expectativa na MotoGP em 2021
Aprilia cresce com pódio, mas construção de dupla forte de pilotos é grande acerto em 2021

GRANDE PRÊMIO lança especial que celebra carreira de Valentino Rossi. ACESSE
PARCEIROS E RIVAIS: COMO GARDNER E RAÚL FERNÁNDEZ ENTRAM NA MOTOGP | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar