Marc Márquez se frustra com Dovizioso e Quartararo: “Parece que ninguém quer liderar”

O espanhol de Cervera afirmou que não entende a situação da temporada, apontando os pontos deficientes da dupla que ocupa as duas primeiras posições do campeonato

Marc Márquez não deixou as críticas de lado ao falar do desempenho de Andrea Dovizioso e Fabio Quartararo em 2020. O espanhol apontou não entender a situação da MotoGP, dizendo ter a impressão que nenhum piloto está empenhado em brigar pelo campeonato.

Sete etapas já se passaram da temporada 2020 da classe rainha e seis pilotos diferentes já subiram ao degrau mais alto do pódio e 12 terminando no top-3. Isso trouxe equilíbrio entre as primeiras posições da classificação, com o italiano da Ducati, líder, e Joan Mir, quarto, separados por apenas quatro pontos. Ainda, Pol Espargaró, décimo, está apenas 27 tentos atrás do ponteiro.

Márquez relembrou as previsões que havia feito na Áustria, onde disse que “Quartararo e Dovizioso eram os favoritos [ao título], mas, sinceramente, esperava mais deles. Especialmente esperava muito mais de Quartararo porque ganhou as duas primeiras corridas pilotando em um grande nível, e agora não sei o que está acontecendo.”

Fabio Quartararo está na segunda colocação da classificação (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Dovizioso é consistente, mas necessita de mais velocidade se quiser ganhar o título, pois vemos que Viñales está ali, assim como Mir. Temos oito ou nove pilotos separados por 25 pontos, então, vai ser interessante ver o que acontece até o fim da temporada. E sim, tentarei ver de dentro”, continuou o hexa.

Ao avaliar a situação de 2020, apontou que “parece que não querem ganhar nada, ninguém quer liderar o Mundial. É difícil de entender a situação, mas se é um piloto, com certeza entende um pouco melhor. Uma coisa é estar nesta posição em que, se ganha, é estupendo e perfeito, mas não é obrigado a isso. Mas outra coisa é quando está na posição em que tem de vencer. Então, duvidam de você porque não sabem se precisa atacar ou se defender.”

“Uma coisa é ocupar o segundo, terceiro ou quarto lugares e perseguir quem está na frente. Nesta posição, não tem nada a perder, então, ataca com confiança. Mas quando está no topo é quando começar a surgir as dúvidas”, encerrou.

Marc tem sido apenas espectador da temporada 2020 da MotoGP. Ainda se recuperando de uma lesão no braço direito, apenas na última semana retomou os treinos, mas ainda sem previsões de quando retorna para a pista.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube