MotoGP

Márquez espera superar histórico de quedas após títulos: “Em Motegi, já penso no nono”

Marc Márquez está aproveitando a conquista de seu oitavo título no Mundial de Motovelocidade, mas não quer relaxar. O espanhol já deixou claro que no Japão já começa a pensar no nono caneco da carreira

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo

Marc Márquez quer seguir focado na MotoGP mesmo após ter conquistado seu hexacampeonato. O espanhol já deixou claro que, na próxima etapa, já começa o trabalho para alcançar o nono mundial.
 
O GP da Tailândia foi o palco do triunfo do titular da Honda, que passou por grande acidente, ida ao hospital, recuperação e vitória da corrida. Com isso, conseguiu fechar o campeonato com quatro etapas de antecedência.
 
Mas apesar de feliz com o que alcançou, o #93 já deixou claro que a partir do Japão, próxima prova do calendário, o foco já está em 2020. “Essa noite comemoraremos o oitavo título, mas em Motegi começaremos a pensar no nono”, falou na coletiva de imprensa em Buriram.
 
“Meu histórico aponta que sempre que venço o título, na próxima corrida acabo caindo. Meu objetivo esse ano é terminar as provas que restam no pódio”, continuou.
Marc Márquez (Foto: Red Bull Content Pool)
Mas ainda restam metas a serem alcançadas em 2019. “O objetivo é brigar pela Tríplice Coroa”, afirmou o piloto. Entretanto, apesar da Honda liderar entre as construtoras, apresenta 19 pontos de desvantagem para a Ducati no Mundial de Equipes.
 
Marc poderia ter a chance de fechar o título na próxima prova, casa da Honda. Entretanto, o piloto explicou que o próprio presidente da HRC, Yoshishige Nomura, não impediu o competidor de tentar no Buriram. “Recebi uma mensagem de Nomura San em que me disse que podia conseguir o título na Tailândia.”
 
Por fim, Márquez deixou um recado para aqueles que reclamam da previsibilidade da MotoGP. “Aos que dizem que a MotoGP é chata porque sempre ganha o mesmo, diria que olhem como as últimas cinco corridas terminaram”, falou.
 
“A vitória em Misano foi a que mais me provocou adrenalina, pois vinha perdendo dois duelos na última volta e não por não tentar, mas porque não ganhei”, concluiu.
 

Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.