Martín domina e vence primeira na Moto2 em GP da Áustria marcado por acidente forte

O piloto da Ajo se manteve na ponta durante toda a corrida sem dar chances para a concorrência. A prova foi interrompida em bandeira vermelha ainda no início após uma queda de Enea Bastianini causar um forte acidente com Hafizh Syahrin

LEIA TAMBÉM
Dovizioso comunica à Ducati decisão de não renovar contrato para 2021

Jorge Martín conquistou neste domingo (16) a primeira vitória na Moto2. O piloto da Ajo dominou a corrida de ponta a ponta e recebeu a bandeirada com 2s195 de margem para Luca Marini. Marcel Schrötter completa o pódio no Red Bull Ring.

A corrida deste domingo foi dividida em duas partes. A prova original foi interrompida após uma queda de Enea Bastianini causar um forte acidente com Hafizh Syahrin. Por conta da paralisação, a distância foi reduzida das 25 voltas originais para 13.

Jorge Martín venceu pela primeira vez na categoria (Foto: Ajo)

Assim como fez na primeira largada, Martín saiu bem e se instalou no comando logo de cara. Aos poucos, o espanhol abriu mais e mais vantagem, anulando qualquer pretensão de Marini. Schrötter também acabou isolado e tampouco foi incomodado no caminho ao pódio.

Sam Lowes aproveitou um erro de Xavi Vierge na última curva para ficar com o quarto posto, com Marco Bezzecchi recebendo a bandeirada na sexta colocação. Tom Lüthi foi o sétimo, com Augusto Fernández, Arón Canet e Joe Roberts completando a lista dos dez primeiros.

Com a ausência de Enea Bastianini na relargada, Marini aproveitou o segundo lugar para tomar a liderança do Mundial com 78 pontos, cinco a mais que conterrâneo. Martín avançou para a terceira colocação, à frente de Lowes, Nagashima, Canet, Bezzecchi, Vierge e Roberts.

Saiba como foi o GP da Áustria de Moto2:

Depois de dois dias bastante nublados, Spielberg amanheceu com o céu aberto e temperaturas mais elevadas. Às vésperas da largada da Moto2, os termômetros marcavam 25°C, com o asfalto chegando a 45°C. A velocidade do vento era de 2 km/h.

Pela segunda vez na carreira, Remy Gardner tinha a pole, à frente de Jorge Martín e Marcel Schrötter, que volta ao top-3 do grid pela primeira vez desde o GP da Alemanha do ano passado. Líder do Mundial, Enea Bastianini vinha para abrir a segunda fila, escoltado por Arón Canet, que quebrava a sequência de Kalex na fila. Forte ao longo de todo o fim de semana, Sam Lowes era o sexto.

Luzes apagadas e saída autorizada no Red Bull Ring. Gardner fez boa largada, mas Martín tratou de passar o australiano para a primeira colocação. O piloto da SAG também foi superado por Schrötter, que se colocou em segundo.

Líder da classificação, Bastianini caiu uma posição e foi para quinto, mas logo a recuperou. Luca Marini, agora em terceiro, e Somkiat Chantra, 12º, eram os pilotos que mais ganharam terreno na largada, subindo cinco postos. Jorge Navarro, o 14º, foi quem mais perdeu: sete.

Ao fim do segundo giro, Jorge já se descolava do restante do pelotão, abrindo respiro de 0s691 para os demais competidores. Schrötter estava 0s487 à frente de Marini, o terceiro. O italiano também anotou a volta mais rápida da prova com 1min29s259.

Um acidente assustador aconteceu no terceiro giro da disputa. Enea sofreu um highside e foi ao chão no meio do traçado, na curva 1. O piloto logo saiu da pista, mas sua moto acabou no meio do caminho. Foi quando Hafizh Syahrin a acertou com força, a destruiu e foi arremessado ao chão, obrigando interrupção por bandeira vermelha. Os demais envolvidos foram Edgar Pons e Andi Izdihar.

O momento do acidente no Red Bull Ring (Foto: Reprodução)

Apesar da imagem impressionante, pouco depois a direção de prova informou que todos os pilotos estavam conscientes, com o atendimento médico no traçado para os primeiros socorros dos pilotos acidentados. Syahrin foi levado para o centro médico do circuito para maiores exames e passou por raio-x para verificar fraturas.

O atendimento médico na cena do acidente (Foto: Reprodução)

A corrida seria retomada com 13 voltas e a posição de saída seria baseada nas colocações do terceiro giro. Portanto, Martín, Schrötter e Marini formavam a primeira fila de saída. O procedimento seria de largada rápida.

Saída autorizada e prova retomada. Jorge mais uma vez fez boa saída para manter a primeira colocação, enquanto Marini bateu Marcel para se colocar na segunda colocação. Bezzecchi e Gardner fechavam o top-5. Mais para trás, Navarro ia ao chão.

Com dois giros completados, Martín anotou a volta mais rápida da prova com 1min29s102. O espanhol tinha 0s280 de frente para Marini. Marcel, que cometeu um erro e abriu demais, permitiu a passagem de Remy para a terceira colocação.

Neste ponto, com a situação da prova, o cenário da classificação mudaria, com Marini saltando para a liderança, passando Bastianini em cinco pontos. O espanhol da Red Bull KTM Ajo se colocaria no terceiro posto.

O festival de quedas seguia a todo vapor no Red Bull Ring. Primeiro Tetsuta Nagashima foi ao chão, e pouco depois foi a vez de Gardner cair na curva 1. Ambos saíram ilesos dos incidentes.

Restando seis voltas para a bandeira quadriculada, Martín era o primeiro colocado com 0s948 de vantagem para Marini, o segundo. Schrötter, Xavi Vierge e Sam Lowes completavam os cinco primeiros. Na reta final, a corrida assumiu ritmo mais tranquilo sem grandes mudanças na ordem.

Fim de prova e Martín assegurou a primeira vitória da temporada. Marini completou a corrida na segunda colocação, com Schrötter completando o pódio da acidentada corrida. Era a segunda vitória da KTM no fim de semana.

Moto2 2020, GP da Áustria, Red Bull Ring, Final:

1J MARTÍNRed Bull KTM Ajo Kalex19:24.72313 voltas
2L MARINIVR46 Kalex+2.195 
3M SCHROTTERIntact Kalex+4.782 
4S LOWESMarc VDS Kalex+7.249 
5X VIERGESIC Kalex+7.325 
6M BEZZECCHIVR46 Kalex+7.771 
7T LÜTHIIntact Kalex+9.405 
8A FERNÁNDEZMarc VDS Kalex+9.598 
9A CANETAspar Speed Up+10.023 
10J ROBERTSAmerican Kalex+10.890 
11L BALDASSARRIPONS Kalex+11.170 
12D AEGERTERNTS RW+11.803 
13S CHANTRATeam Tady Kalex+13.002 
14J DIXONSIC Kalex+13.385 
15H GARZÓPONS Kalex+15.865 
16N BULEGAGresini Kalex+15.897 
17S MANZIForward MV Agusta+15.913 
18M RAMÍREZAmerican Kalex+16.222 
19L DALLA PORTAItaltrans Kalex+18.830 
20S CORSIForward MV Agusta+22.614 
21F DI GIANNANTONIOSpeed UP+25.079 
22B BENDSNEYDERRW NTS+29.300 
23K DANIELSAG Kalex+36.648 
 R GARDNERSAG KalexNC 
 T NAGASHIMARed Bull KTM Ajo KalexNC 
 J NAVARROSpeed UPNC 
 E BASTIANINIItaltrans KalexNL 
 H SYAHRINAspar Speed UpNL 
 E PONSGresini KalexNL 
 F IZDIHARTeam Tady KalexNL 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube