Morbidelli protesta contra racismo em capacete e lembra: “Somos todos iguais”

Piloto da Yamaha SRT explicou que quis usar o layout de capacete especial de Misano para tratar de um tópico importante, mas de uma forma leve. O ítalo-brasileiro ainda indicou o filme ‘Faça a coisa certa’, de Spike Lee

Franco Morbidelli levou o movimento contra o racismo para dentro do paddock da MotoGP. O piloto da Yamaha SRT aproveitou a corrida de casa para usar um capacete temático inspirado no filme ‘Faça a coisa certa’, de Spike Lee, e clamou por igualdade em vários idiomas.

O caso tem um desenho de Morbidelli estilizado como a personagem Mister Señor Love Daddy, um radialista interpretado por Samuel L. Jackson no filme de 1989. O clássico, que foi produzido, escrito, dirigido e protagonizado por Spike Lee, conta uma história de tensão racial no Brooklyn, em Nova Iorque, e, em 1999, foi considerado pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos um filme “cultural, histórico e esteticamente significativo”.

Franco Morbidelli pede igualdade no capacete de Misano (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Após garantir o segundo lugar no grid de Misano para este domingo, Franco justificou a escolha e contou que queria tratar um assunto importante de maneira leve.

“Quando decidi fazer um design especial para o evento deste ano, eu queria lidera com uma questão importante e um tópico importante: o racismo”, explicou Morbidelli. “Mas eu também queria ter todo 2020 nisso, porque este ano começou realmente mal e muitas coisas pouco agradáveis aconteceram em 2020”, seguiu.

“Mas nós estamos tentando fazer um show para a audiência e fazê-los se sentir bem, então eu queria abordar o assunto com leveza, sem ser muito pesado”, contou. “Tem um filme do Spike Lee, chamado ‘Faça a coisa certa’, que trata deste assunto da maneira correta, e eu o indico a todos vocês. Tem uma personagem em determinado ponto do filme que diz: ‘Parem com toda essa merda, parem de odiar uns aos outros, deem um tempo’. Decidi me colocar no lugar dele e colocar a mim mesmo o capacete”, detalhou.

“Eu queria passar uma mensagem de igualdade em diferentes idiomas também, porque essa é uma das coisas mais importantes de lembrar: somos todos iguais. E o vírus nos lembrou disso de uma forma ruim. Precisamos lembrar das coisas boas também, e acho que foi a melhor maneira de mandar uma mensagem dá forma mais leve possível”, completou.

LEIA TAMBÉM
Rossi apresenta capacete para GP de San Marino com desenho ousado: cartela de viagra
Disney entra em acordo e mantém direito de transmissão da MotoGP no FOX Sports

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube