MotoGP
07/08/2018 08:44

Pol Espargaró escapa de cirurgia após fratura na clavícula, mas está fora do GP da Áustria

Pol Espargaró recebeu a confirmação de que não vai poder correr o GP da Áustria deste final de semana. Após sofrer uma queda na Tchéquia, o espanhol sofreu uma fratura em sua clavícula. Apesar de ter escapado de uma possível cirurgia, precisa de repouso absoluto para se recuperar
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Espargaró sofreu um forte acidente no warm-up da Tchéquia (Foto: Reprodução)
Após suspeitas, chegou a confirmação de que Pol Espargaró não vai poder correr o GP da Áustria da MotoGP. Com uma fratura em sua clavícula esquerda causada pelo acidente que sofreu na Tchéquia, o espanhol não vai alinhar no grid em Spileberg.
 
O titular da KTM sofreu uma forte queda na curva 3 ainda no warm-up para a prova em Brno. Logo após o acidente foi levado ao centro médico para os primeiros exames e depois transferido para um hospital da região. Lá, confirmou-se a fratura, além de sentir muita dor na sua coluna.
Pol Espargaró está se recuperando bem do acidente (Foto: Reprodução/Instagram)
Depois, viajou para Barcelona, onde se realizaram alguns testes mais exaustivos, que determinou que os danos vertebrais, apesar de não serem graves, exigem um maior descanso. Os médicos ainda informaram que o piloto não terá que passar por procedimento cirúrgico, mas deve ficar de repouso absoluto até a prova em Silverstone, no final do mês.
 
O GP da Áustria marca a disputa caseira da KTM, que além de não poder contar com Pol Espargaró, também não vai ter a presença do competidor de testes Mika Kallio, também em recuperação de uma lesão.
 
“Pol passou por exames em Barcelona na manhã da segunda e o positivo é que não precisa de cirurgia para a clavícula, que é apenas uma fissura e não uma fratura completa. Também não viram outros danos em outros ossos nem na coluna vertebral. Quando a inflamação passar, serão realizados novos testes”, explicou Mike Leitner, chefe da KTM.