MotoGP

Quartararo destrona Petrucci na volta final e mantém Yamaha na frente no TL3 em Assen

Com direito a um novo recorde, Fabio Quartararo manteve a Yamaha na ponta no terceiro treino da MotoGP em Assen bater Danilo Petrucci por 0s109 já com o cronômetro zerado. Marc Márquez ficou em terceiro

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Assen é mesmo uma pista boa para a Yamaha. Na manhã deste sábado (29), Fabio Quartararo aproveitou a última de suas 19 voltas para destronar Danilo Petrucci e assegurar o topo da tabela do terceiro treino livre.
 
Tal qual aconteceu na sexta-feira, Maverick Viñales apareceu forte e liderou a primeira parte da sessão. No terço final, porém, Petrucci apareceu para baixar o recorde da pista e se manter na ponta. Mas, já com o cronômetro zerado, Quartararo apareceu com 1min32s471 para tomar a ponta.
 
Líder do Mundial, Marc Márquez foi 0s217 mais lento que o ponteiro e ficou com o terceiro posto, à frente de Takaaki Nakagami, 0s439 atrás do piloto da SIC, Maverick Viñales fez o quinto tempo.
Fabio Quartararo (Foto: SIC)
Com 1min32s913, Franco Morbidelli ficou com o sexto registro, à frente de Jack Miller, Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow. Joan Mir completa um top-10 separado por 0s597.
 
Valentino Rossi chegou a fechar a sessão com o quarto tempo, mas teve sua volta cancelada por exceder os limites da pista na curva 18. Assim, o #46 ficou com o 14º tempo no TL3 e terá de passar pelo Q1, a fase inicial da classificação.
 
Além do #46, Álex Rins também não conseguiu espaço direto no Q2. 0s667 mais lento que o líder, o #42 ficou em 11º nesta manhã.

O GP da Holanda de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.

Paddockast #23
Lágimas em Le Mans



Saiba como foi o treino livre 3 do GP da Holanda de MotoGP:
 
Em meio a uma onda de calor na Europa, a província de Drenthe não escapou do sol. Com um dia bastante mais bonito do que a sexta-feira, os pilotos encontraram temperaturas mais elevadas nesta manhã, com os termômetros marcando 23°C e o asfalto chegando a 31°C. A velocidade do vento era de 2 km/h.
 
Quando o relógio passou a contar os 45 minutos do terceiro treino, Viñales, Quartararo, Petrucci, Dovizioso, Rins, Iannone, Márquez, Mir, Rossi e Crutchlow eram os dez pilotos com passaporte provisório para o Q2. 
 
Com 1min34s507, Viñales abriu a sessão no topo da tabela, 0s628 à frente de Álex Rins, o segundo colocado. Na volta seguinte, Marc Márquez foi a 1min33s506 para assumir o comando, 0s182 melhor que o #12. Quartararo subiu para o terceiro posto, seguido por Rins e Aleix.
 
Viñales, porém, não tardou em recolocar a Yamaha no comando. Com 1min33s416, o #12 abriu 0s090 de margem para Márquez, com Quartararo, Rins e Dovizioso vindo logo atrás.
 
Em sua sexta volta nesta manhã, Quartararo, que tinha um pneu macio na frente e um médio atrás, foi a 1min33s334 e assumiu a liderança, abrindo 0s082 de margem para Viñales.
 
Viñales respondeu pouco depois e voltou ao topo com 1min33s260, 0s074 melhor. Márquez era o terceiro, com Rins, Dovizioso e Iannone fechando o top-6.
 
Rodando com um pneu duro na traseira da Desmosedici, Dovizioso baixou sua marca para 1min33s653 e se manteve na quinta colocação, agora com 0s393 de atraso para Viñales. 0s111 mais lento, Nakagami era o sexto.
 
Passada a barreira de 20 minutos para o fim, Dovizioso alcançou 1min33s430 e saltou para terceiro, 0s170 mais lento que Viñales.

Com 15 minutos para o fim, os boxes ganharam em movimentação. Viñales seguia na ponta, com Quartararo, Dovizioso, Márquez, Nakagami, Rins, Petrucci, Iannone, Miller e Mir fechando o top-10 da sessão.
 
De volta à pista, Morbidelli foi a 1min33s508 e saltou para a quinta colocação, 0s248 mais lento que o líder. O #21 abriu outra boa volta e subiu para terceiro, 0s054 melhor que Cal Crutchlow, que também tinha acabado de avançar.
 
Quartararo, então, usou os pneus macios novos para anotar 1min32s807 e assumir o comando do TL3, 0s453 melhor que Viñales. Era um top-3 de Yamaha.
 
Na sequência, Rins estragou a brincadeira do time de Iwata e assumiu o segundo posto, 0s331 mais lento que Fabio. Petrucci, então, fez pior e bateu o piloto da SIC por 0s227 pela liderança, já estabelecendo um novo recorde para Assen.
 
Mir saltou para a quinta colocação na sequência, 0s652 mais lento que Petrucci. Iannone também tinha melhorado e agora vinha em nono.
 
Fora do top-10 combinado, Rossi até melhorou sua marca, mas não o bastante para um grande avanço na tabela. O #46 fez uma nova tentativa, mas, com menos de 5 minutos para o fim, passou pelos boxes da Yamaha antes de voltar para a pista para um novo ataque.
 
Enquanto isso, Márquez foi a 1min32s688 e assumiu o segundo posto, 0s108 mais lento que Petrucci. Quartararo caiu para terceiro, à frente de Nakagami e Viñales. 
 
Instantes antes da bandeirada, Rossi foi a 1min32s881 e saltou para a quarta colocação, 0s301 mais lento que Petrucci. O #46 vinha sendo seguido por Márquez, mas não dava para abandonar a volta. 
 
Mias atrás, Viñales também melhorou e subiu para sexto, à frente de Morbidelli, Miller e Dovizioso.
 
Já com o cronômetro travado, Quartararo anotou 1min32s471 e tomou a ponta de Petrucci por 0s109. Márquez ficou em terceiro, seguido por Rossi e Nakagami.

MotoGP, GP da Holanda, Assen, treino livre 3:

1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:32.471  
2 D PETRUCCI Ducati 1:32.580 +0.109
3 M MÁRQUEZ Honda 1:32.688 +0.217
4 T NAKAGAMI LCR Honda 1:32.890 +0.419
5 M VIÑALES Yamaha 1:32.910 +0.439
6 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:32.913 +0.442
7 J MILLER Pramac Ducati 1:32.918 +0.447
8 A DOVIZIOSO Ducati 1:32.922 +0.451
9 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:32.956 +0.485
10 J MIR Suzuki 1:33.068 +0.597
11 A RINS Suzuki 1:33.138 +0.667
12 A IANNONE Aprilia Gresini 1:33.205 +0.734
13 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:33.228 +0.757
14 V ROSSI Yamaha 1:33.279 +0.808
15 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:33.636 +1.165
16 P ESPARGARÓ KTM 1:33.868 +1.397
17 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:33.962 +1.491
18 T RABAT Avintia Ducati 1:34.257 +1.786
19 J ZARCO KTM 1:34.258 +1.787
20 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:34.326 +1.855
21 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:35.136 +2.665
         
REC F QUARTARARO Yamaha 1:33.471 176.8 km/h
MV F QUARTARARO SIC Yamaha 1:33.471 176.8 km/h



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.