Rodrigo lidera primeiro dia de treinos do GP da Tchéquia da Moto3. Arenas é 8º

O argentino ponteou a tabela com o tempo de 2min08s612, marcado ainda no primeiro treino. Kaito Toba e Raúl Fernández vieram na sequência

LEIA TAMBÉM
Máscaras, marmitas, distância e confinamento: a nova rotina da pandemia na MotoGP

Le jour de gloire est arrivé!: Quartararo reescreve história da França na MotoGP

Gabriel Rodrigo foi o mais veloz do primeiro dia de atividades da Moto3 em Brno. Nesta sexta-feira (7), com o tempo dos dois treinos combinados, o argentino ficou com a marca de 2min08s612 e terminou o dia como o mais veloz do grid.

Quem veio na sequência do piloto da Greini foi Kaito Toba. O japonês fez tempo apenas 0s106 mais lento que o #2 para se colocar na segunda posição. Raúl Fernández, Dennis Foggia e Jaume Masiá completaram o top-5. Albert Arenas, líder da classificação, ficou apenas em oitavo.

Na abertura do TL1, Raúl Fernández foi quem começou o fim de semana do GP da Tchéquia na frente. O espanhol anotou o tempo de 2min11s001 para ser o primeiro líder da sessão. Tony Arbolino, Jaume Masià, Gabriel Rodrigo e Ayumi Sasaki vinham na sequência.

Com pouco mais de dez minutos de treino passados, Tatsuki Suzuki acabou se envolvendo em um incidente. Na curva 13, o japonês acabou indo ao chão, mas logo voltou para cima da moto.

Com o andar da sessão, as coisas mudaram no circuito tcheco. Kaito Toba saltou para a ponta ao anotar 2min09s609, 0s268 mais veloz que o companheiro da KTM Ajo. Dennis Foggia, Rodrigo e Nicolò Antonelli fechavam os cinco primeiros.

Rodrigo anotou sua volta rápida ainda no TL1 (Foto: Reprodução)

Com o andar do cronômetro, as coisas se mostravam bastante próximas no treino. O primeiro e o décimo colocados, Romano Fenati, estavam separados por apenas 1s055.

Com dez minutos para a bandeira quadriculada, Toba seguia na primeira colocação da tabela. Fernández vinha na sequência, seguido por Foggia, Rodrigo, Antonelli, Masià, Stefano Nepa, Albert Arenas, Carlos Tatay e Tony Arbolino. Neste ponto, Tatay era quem tinha completado o maior número de voltas, com 13.

Os últimos segundos da sessão ainda reservaram dois incidentes. O primeiro foi de Masiá, que acabou indo ao chão na curva 3 – o piloto da Leopard já havia caído mais cedo. Pouco depois, Jason Dupasquier foi quem caiu.

Ainda nos primeiros minutos da segunda sessão de treinos, Carlos voltou a protagonizar uma queda no traçado tcheco. Na curva 7, o piloto caiu balançou com a moto e caiu com violência, ficando deitado por alguns momentos, mas saindo sozinho da cena.

Com o cumprimento dos dez primeiros minutos, John McPhee era o líer com 2min09s813. Rodrigo vinha logo depois, com Jeremy Alcoba, Foggia, Arbolino, Antonelli, Sergio García, Suzuki, Arenas e Sasaki completando o top-10.

Nos tempos combinados, com 22 minutos para o tremular da bandeira quadriculada, eram os tempos do primeiro treino que prevaleciam. Gabriel estava em primeiro com 2min08s612, com Toba, Fernández, Foggia e Sasaki vindo entre os cinco primeiros.

A sessão estava marcada por diversas quedas. Kaito e Alonso López foram outros dois pilotos que engrossaram a lista dos incidentes, mas sem grandes danos.

Com o fim da sessão, Fernández terminou como o mais rápido com 2min09s420, tempo marado em seu 11º giro. Fenati aproveitou a bandeira quadriculada para fazer marca 0s558 inferior para ficar em segundo. García, McPhee e Rodrigo completam os cinco mais velozes.

Paddockast #73 | A maratona da Fórmula E em Berlim
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube