Rossi celebra com torcida fantasma e brinca: “Foi um abraço virtual para pessoas em casa”

De volta ao pódio da MotoGP após 469 dias, Valentino Rossi não se incomodou com o vazio das arquibandas. O italiano lembrou que fez algumas de suas melhores comemorações em Jerez de la Frontera

Aos 41 anos, Valentino Rossi não perdeu a mão na hora de comemorar seus feitos na MotoGP. Apesar das arquibancadas vazias em Jerez de la Frontera por conta da pandemia do novo coronavírus, o #46 subiu na barreira de pneus para celebrar a volta ao pódio diante da arquibancada.

Rossi terminou o GP da Andaluzia deste domingo (26) na terceira colocação, encerrando um jejum de 469 dias desde o segundo lugar no GP das Américas do ano passado. O italiano fechou um pódio dominado pela Yamaha atrás de Fabio Quartararo e Maverick Viñales.

Ao fim da corrida, Rossi não titubeou e tratou de celebrar a vaga no top-3 diante de uma torcida fantasma. A MotoGP corre com o autódromo vazio por conta das medidas sanitárias decorrentes da pandemia.

Conhecido pela irreverência, Rossi protagonizou as mais variadas comemorações ao longo da carreira, desde parar para ir ao banheiro até dar uma carona para uma boneca inflável.

“Acho que aquele é o lugar de algumas das minhas maiores comemorações, então eu fui para a multidão, pois em Jerez você tem de ir lá. Mas foi uma situação estranha, pois não tinha ninguém. Mas eu curti de qualquer forma”, comentou Rossi após a corrida. “Foi um abraço virtual para as pessoas em casa”, resumiu.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Andaluzia, terceira etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube