Rossi defende layout anterior e compara curva 10 da Catalunha com “estacionamento de supermercado”

Após ser tirado do GP da Catalunha em um acidente na curva 10, Valentino Rossi se queixou do layout do trecho e comparou com um “estacionamento de supermercado”. O italiano defendeu a volta do modelo original da curva

Valentino Rossi não só não apontou o dedo para Jorge Lorenzo após o incidente de domingo (16) como também disparou contra o layout da curva 10. O #46 comparou esse ponto do traçado catalão com um “estacionamento de supermercado”.
 
 
O layout original de Montmeló foi modificado na esteira da morte de Luis Salom em 2016. A MotoGP, então, abandonou a curva 10 original e passou a usar a versão atual, além de ter adotado a chicane da Fórmula 1 para a curva final.

Jorge Lorenzo derrubou Maverick Viñales, Andrea Dovizioso e Valentino Rossi (Foto: Reprodução)
Paddockast #22
O que torna uma corrida de qualquer categoria legal? E chata?

A chicane, no entanto, foi abandonada depois de reformas no circuito para aumentar a área de escape, mas a curva 10 em uso segue sendo a da F1. 
 
Apesar dos motivos que levaram a mudança estarem relacionados à segurança, Rossi fez campanha pela volta do layout original.
 
“Eu não sei o que aconteceu, porque nós queríamos o layout normal para motos nas duas últimas curvas. Eles trabalharam muito nas áreas de escape”, disse Rossi. “Mas por que temos essa curva [10] alternativa? Eu tento lutar para ter a curva do Circuito da Catalunha, a longa curva para a esquerda que é muito boa. Mas, por alguma razão, usamos essa. Essa curva é como um estacionamento de supermercado”, disparou.
 
“Para mim, não é uma curva de pista de corrida. Em uma curva como esta, é fácil acontecer”, avaliou.

#GALERIA(9807)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube