Rossi explica capacete com Viagra em Misano: “Na minha idade, precisa de uma ajudinha”

Italiano contou que decidiu usar o capacete para fazer uma piada com seus 41 anos. O titular da Yamaha, porém, reconheceu que o casco não vai agradar Stefania Palma, a mãe

Valentino Rossi optou por brincar com seus 41 anos no GP de San Marino e da Riviera de Rimini. Como sempre faz, o italiano apresentou neste sábado (12) um capacete especial para a rodada dupla de Misano e revelou um layout que faz alusão ao Viagra.

Falando à imprensa após se classificar na quarta colocação do grid de Misano, Rossi explicou que decidiu brincar com a idade enquanto buscava inspiração para o casco desenhado por Aldo Drudi.

Valentino Rossi tem 41 anos (Foto: Yamaha)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“É para rir. Foi uma boa ideia, porque quando pensamos nisso, achamos que era diferente em relação aos outros anos, pois são duas corridas seguidas”, disse Rossi. “Com Aldo, pensamos: ‘O que vem em mente quando pensa em dobradinha, duas seguidas?’. A principio, eu pensava na mudança de marcha, pois com carros antigos, você fazia uma mudança dupla. Mas graficamente, era difícil de explicar”, seguiu.

“A segunda coisa que me veio à mente é que, quando éramos jovens, fazíamos amor duas vezes seguidas. Aí pensei: ‘Vamos brincar com a minha idade’. Pois, na minha idade, se precisa fazer duas vezes seguidas, precisa de uma ajudinha. Por isso, usamos a pastilha de Viagra. Todos gostaram”, comentou.

Valentino, porém, não teve coragem de explicar o capacete para a mãe, Stefania Palma.

“Estou contente, rimos bastante. Não tive coragem de dizer para a minha mãe. Ela é muito religiosa. Não acho que será o capacete favorito dela”, encerrou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP de San Marino e da Riviera de Rimini, sétima etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube