Rossi expressa desejo de correr Le Mans e Spa após deixar MotoGP

Valentino Rossi já começou a planejar o que quer fazer depois que deixar a MotoGP. Falando dos planos de aposentadoria das duas rodas, revelou que quer disputar corridas de Endurance como 24 Horas de Le Mans e de Spa-Francorchamps

Valentino Rossi tem planos bastante ambiciosos para quando decidir deixar a MotoGP. Querendo seguir nas pistas, o italiano expressou seu desejo de competir no Endurance e colocou até mesmo Le Mans na lista de provas.
 
Com o final da temporada do Mundial de Motovelocidade, todo ano o titular da Yamaha participa do Rali de Monza. Entretanto, desta vez, decidiu assumir um desafio diferente e vai disputar as 12 Horas do Golfo, em Abu Dhabi.
 
No circuito de Yas Marina, o multicampeão vai dividir o cockpit da Kessel Ferrari com Alessio Salucci e seu irmão Luca Marini. Até o momento, as impressões do ‘doutor’ são as melhores para o final de semana.
Valentino Rossi (Foto: Yamaha)

“Competi no Rali de Monza por muitos anos no final da temporada, mas, desta vez, queria mudar e, consequentemente, estou feliz em estar nesta corrida. O carro é bom de pilotar e estou tendo um ótimo momento”, pontuou.
 

“Estamos apenas no início do final de semana e há muitos aspectos para se avaliar, mas, no momento, somos competitivos. Entretanto, esperamos uma corrida longa, que dura 12 horas. Até hoje, a mais longa que corri foi as 8 Horas de Suzuka, então é difícil fazer previsões”, seguiu.
 
Rossi aproveitou também para falar dos planos quando se aposentar da MotoGP, revelando desejos bastante ambiciosos. “Quando eu largar as motos, gostaria de correr no Endurance. Gostaria de correr as 24 Horas de Le Mans, as 24 Horas de Spa e também as 24 Horas de Nurburgring”, disse.
 
“Vamos dizer que já cinco corridas no calendário que gostaria de correr”, concluiu.
 

Carregando…

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar