Terceiro, Rossi fala em prova divertida em Motorland e reconhece força de Pedrosa: “Tentei de tudo”

Valentino Rossi chegou em terceiro lugar em Aragão, depois de perder uma dura batalha para Dani Pedrosa, o segundo. Com a vitória de Lorenzo, Rossi viu sua margem na liderança reduzir para 14 pontos

Depois de um quinto lugar em Misano, há duas semanas, Valentino Rossi conseguiu voltar ao pódio em Aragão. Neste domingo (27), o italiano, sexto no grid, foi ganhando posições na pista até encontrar pela frente Dani Pedrosa. Rossi perseguiu o espanhol durante quase toda a corrida e não teve muitas chances de ultrapassagem durante a prova.

 
Foi assim até a parte final, quando o #46 iniciou as investidas, sempre respondidas imediatamente por Pedrosa. A última volta foi eletrizante, com algumas trocas de posição. Mas desta vez Rossi perdeu a batalha e teve que se contentar com o terceiro lugar.
Valentino Rossi finalizou em terceiro a etapa de Aragão (Foto: Yamaha)
"Eu tentei de tudo, dei o máximo, porque com certeza era importante chegar em segundo e perder apenas os cinco pontos de Jorge, mas no final Dani hoje foi muito forte. Tentei de tudo, mas no final ele chegou na minha frente", disse. 
 
"Tive um começo muito difícil e não tinha ritmo suficiente para ficar na frente de Dani. Então tive que lutar na última volta. Tentei ultrapassá-lo onde vi que eu era forte, mas já a partir da primeira ultrapassagem, vi que Dani hoje estava muito forte, porque ele sempre voltava".
 
Rossi, no entanto, valorizou sua atuação na prova espanhola. "Por outro lado, estou contente com a corrida. Em primeiro lugar, porque foi muito divertida, e depois porque eu estava competitivo, estava forte e foi a melhor prova da minha carreira em Aragão, com certeza. Este circuito é sempre difícil."  
 
O líder da MotoGP também demonstrou preocupação com a ameaça de Lorenzo. "Agora vamos para Motegi, é uma pista que eu gosto, onde também no ano passado fiz uma corrida muito boa. Mas Jorge no ano passado foi mais forte do que eu e ganhou. Por esta razão, temos de tentar o máximo, a diferença é apenas de catorze pontos e vai ser muito difícil, porque a vantagem é pequena."

Com o resultado, Rossi chegou aos 263 pontos, contra 249 de Lorenzo, o vencedor do dia. A diferença que era de 23 pontos caiu para 14.

A 15ª etapa da temporada 2015 será no dia 11 de outubro, em Motegi, no Japão.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube