Viñales encabeça 1-2 da Yamaha no TL3 em Jerez. Marc Márquez volta e é 19º

Com 1min36s584, Maverick Viñales bateu Fabio Quartararo por 0s059 para assegurar o comando do terceiro treino livre para o GP da Andaluzia. 1s298 ais lento que o ponteiro, Marc Márquez completou 18 voltas na manhã deste sábado (25)

LEIA TAMBÉM
SUPER-HERÓIS DE CARNE E OSSO: os retornos mais impressionantes do Mundial

A Yamaha voltou a ditar o ritmo da MotoGP na manhã deste sábado (25) em Jerez de la Frontera. Com direito a um novo recorde para o traçado andaluz, Maverick Viñales comandou o terceiro treino livre para o GP da Andaluzia.

Com 1min36s584 na melhor de suas 20 voltas nesta manhã, o ‘Top Gun’ assegurou a ponta da folha de tempos com 0s059 de margem para Fabio Quartararo, o segundo colocado. Jack Miller melhorou em sua volta final para completar um top-3 coberto por 0s126.

Maverick Viñales (Foto: Yamaha)

Takaaki Nakagami anotou 1min36s842 e ficou com o quarto posto, à frente de Francesco Bagnaia e Danilo Petrucci. Brad Binder também melhorou no fim para ficar com o sétimo posto.

Valentino Rossi fez 1min36s988 e garantiu o oitavo tempo, 0s007 melhor que Pol Espargaró, o nono. Joan Mir completa o rol dos dez melhores.

Aleix Espargaró sofreu duas quedas nesta manhã e acabou em 11º, à frente de Franco Morbidelli. Miguel Oliveira acabou em 13º, escoltado por Andrea Dovizioso, Johann Zarco, Álex Márquez, Cal Crutchlow e Tito Rabat.

Seis dias após fraturar o braço direito, Marc Márquez voltou à pista nesta manhã para completar 18 voltas. Com 1min37s882, o #93 ficou apenas em 19º, 1s298 atrás de Viñales.

Ainda em recuperação após uma fratura no ombro direito sofrida na classificação para o GP da Espanha, Álex Rins ficou de fora do TL3 desta manhã. O #42 relatou na sexta-feira que teve mais dores do que esperava.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Andaluzia, terceira etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP em Jerez:

O sábado começou com mais um dia de sol e temperaturas elevadas. Com uma moto que rende bem no calor, Pol Espargaró abriu a sessão na ponta, à frente de Fabio Quartararo e Valentino Rossi.

De volta à pista após a lesão sofrida no GP da Espanha, Marc Márquez começou a sessão pegando leve. Após três voltas, o #93 era 2s mais lento que o ponteiro e tinha apenas o 19º tempo.

Líder do TL2, Takaaki Nakagami foi a 1min37s235 e assumiu o comando da sessão, 0s015 melhor que Pol. Quartararo seguiu em terceiro, com Joan Mir, Oliveira e Rossi formando o top-6. Depois de quatro voltas, Marc já era o 11º.

Na sequência, Maverick Viñales assumiu o quarto posto, 0s077 mais lento que Nakagami. Brad Binder também melhorou e agora vinha em sétimo, seguido por Rossi, Miller e Morbidelli.

Depois de cinco voltas, Marc voltou aos boxes da Honda, onde, além da equipe, era aguardado por Ángel Charte, o diretor-médico da MotoGP. O #93 tinha feito seu melhor giro em 1min38s246, 1s011 mais lento que Nakagami, e ainda ocupava o 14º posto.

De volta à pista e com um par de pneus macios, Bagnaia cravou 1min36s847 e assumiu a ponta, passando Nakagami por 0s388. Pol, Quartararo e Viñales formavam o top-5.

Pol Espargaró melhorou e subiu para a segunda colocação, mas caiu um posto na sequência, já que Quartararo avançou para a liderança com 1min36s643. Enquanto isso, Marc vinha em 1min37s882 e ocupava o 11º tempo, 1s239 mais lento que Quartararo.

Fabio, aliás, apertou o passo mais uma vez e, com 1min36s643, estabeleceu um novo recorde para Jerez. Melhor dizendo, mais um novo recorde para o traçado andaluz.

Rodando com a moto de 2019 da Honda, Nakagami aproveitou a 11ª volta nesta manhã para cravar 1min36s842 e s instalar na segunda colocação, 0s199 mais lento que Quartararo. Bagnaia era o terceiro, seguido por Pol, Viñales e Binder, que também tinha acabado de melhorar.

Com pouco mais de 13 minutos para o fim, Viñales anotou 1min36s763 e assumiu o segundo posto, 0s120 atrás de Quartararo.

Enquanto isso, Aleix Espargaró perdeu a traseira tentando seguir o espanhol da Yamaha e caiu na curva 6. O catalão não se machucou e logo voltou para a pista.

Mais atrás, Joan Mir chegou a 1min37s424 e assumiu o oitavo tempo, 0s041 melhor que Zarco, o nono. Petrucci também tinha melhorado e agora vinha em décimo, 1s017 mais lento que Quartararo. Marc tinha o 14º tempo, 1s239 atrás do #20.

Iker Lecuona, por outro lado, não teve um fim de sessão dos melhores. O piloto da Tech3 caiu na curva 10, mas escapou de lesões maiores.

Morbidelli foi a 1min37s359 e assumiu o oitavo posto, 0s048 melhor que Rossi, que subiu para a nona colocação, à frente de Mir e Zarco.

O #36 da Suzuki, então, foi a 1min37s053 para assumir o sexto posto, 0s410 atrás de Quartararo. Mais atrás, Dovizioso avançou para 11º.

MotoGP 2020, GP da Andaluzia, Jerez, Treino livre 3:

1M VIÑALESYamaha1:36.584 
2F QUARTARAROSRT Yamaha1:36.643+0.059
3J MILLERPramac Ducati1:36.710+0.126
4T NAKAGAMILCR Honda1:36.842+0.258
5F BAGNAIAPramac Ducati1:36.847+0.263
6D PETRUCCIDucati1:36.937+0.353
7B BINDERKTM1:36.938+0.354
8V ROSSIYamaha1:36.988+0.404
9P ESPARGARÓKTM1:36.995+0.411
10J MIRSuzuki1:37.053+0.469
11A ESPARGARÓAprilia Gresini1:37.070+0.486
12F MORBIDELLISRT Yamaha1:37.180+0.596
13M OLIVEIRATech3 KTM1:37.278+0.694
14A DOVIZIOSODucati1:37.295+0.711
15J ZARCOAvintia Ducati1:37.304+0.720
16Á MÁRQUEZHonda1:37.557+0.973
17C CRUTCHLOWLCR Honda1:37.621+1.037
18T RABATAvintia Ducati1:37.828+1.244
19M MÁRQUEZHonda1:37.882+1.298
20B SMITHAprilia Gresini1:38.016+1.432
21I LECUONATech3 KTM1:38.360+1.776
 A RINSSuzuki  
Paddockast #71 | A VOLTA DA STOCK CAR COM BUENO E ABREU
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube