Viñales nega medo em acidente no GP da Estíria, mas sente “muita raiva e frustração”

O espanhol da Yamaha lamentou o terceiro problema consecutivo e que não tinha o que fazer no momento do acidente

Maverick Viñales não ficou nada satisfeito com o ritmo da Yamaha durante o GP da Estíria. Neste domingo (23), o espanhol abandonou a prova após problemas nos freios, lamentando o terceiro problema consecutivo na temporada.

O piloto protagonizou uma impressionante cena durante a corrida no Red Bull Ring. Na volta 16, percebeu que estava sem freio e se jogou no asfalto. Sua moto seguiu com velocidade até se chocar contra o muro de proteção e pegar fogo. Apesar do susto, saiu ileso.

Acontece que Viñales já vinha apresentando problemas antes o acontecido. “Comecei muito bem, a moto estava fantástica nas primeiras voltas. Apertava [Andrea] Dovi[zioso], mas em velocidade máxima era difícil. Passei uma vez, mas vi que não iria conseguir, me passava fácil na reta”, disse.

“Pensei em deixar passarem algumas voltas para ter ritmo. Comecei a perder pressão nos freios dianteiros. Dei três voltas lentas, voltaram um pouco, mas então apertei e vi que estava sem. O freio explodiu e não pude fazer nada”, continuou.

O estado em que ficou a moto de Viñales (Foto: Reprodução)

“Saltei, não podia fazer nada. Entendi que tinha algum problema. Perdemos todos juntos, mas voltaremos mais fortes. Foi uma das minhas piores corridas na MotoGP. Sem velocidade não se pode fazer nada. A configuração estava boa, é positivo. Mas é difícil competir assim. Vimos como as outras Yamaha sofriam. Dei 100%, mas não pude fazer nada”, completou.

E explicou o que sentiu no momento do acidente. “Não tive medo, tive muita raiva. Não pude fazer nada. Por sorte, os circuitos são suficientemente seguros para que algo assim aconteça, pode ter tempo de reação. Senti muita raiva e muita frustração. No final, acredito que poderia estar muito mais à frente do que estamos”, apontou.

Nas duas últimas etapas, o espanhol chegou em 14º e 10º, além do abandono na Estíria. “Temos três problemas consecutivos, esquecemos o Mundial. Temos de ser positivos porque as coisas mudam rápido. Tivemos três possibilidades com os problemas de Fabio e poderia estar à frente dele no Mundial. Mas as coisas são assim”, encerrou.

Quem venceu a corrida no Red Bull Ring foi Miguel Oliveira, que deu bote duplo na última curva para triunfar pela primeira vez na MotoGP. Jack Miller e Pol Espargaró completaram o pódio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube