VR46 diz que “chegou a hora de pensar em equipe na MotoGP”, mas adia decisão

Diretor da VR46, Alessio Salucci apontou que os jovens da Academia de Pilotos VR46 cresceram mais rápido do que o esperado, mas destacou que ainda é cedo para tomar uma decisão para 2022

Alessio Salucci admitiu que chegou a hora de a VR46 pensar em montar uma estrutura na MotoGP. Ainda assim, o diretor da equipe e também da Academia de Pilotos adiou a decisão para meados da temporada.

Antes da equipe, o destino de Valentino Rossi é também um mistério. Prestes a completar 42 anos, o italiano de Tavullia tem contrato de um ano com a SRT Yamaha, mas ainda não sabe se esta será a última temporada no Mundial de Motovelocidade ou não.

VR46 deixou a Moto3 e vai estar apenas em Moto2 e MotoGP em 2021 (Foto: VR46)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Vai depender muito das corridas. Depois de seis ou sete GPs, vamos ver se ele está se divertindo e o quão competitivo é, e aí tomaremos uma decisão”, disse Salucci ao site SkySport.it.

A VR46, por sua vez, terá a primeira experiência na classe rainha do Mundial de Motovelocidade este ano, com Luca Marini levando as cores da equipe na estreia pela Avintia. No entanto, a estrutura de Valentino ainda precisa definir se vai entrar de vez na MotoGP em 2022.

“Nossos garotos cresceram mais rápido do que o esperado. Chegou a hora de pensar em fazer uma equipe na MotoGP”, confirmou Uccio. “O caminho é longo, é um passo importante também do ponto de vista econômico. Estamos diante de meses importantes”, ponderou.

“Não sabemos com que moto ir para a MotoGP. Sabemos, com certeza, que o nosso coração está com a Yamaha”, frisou.

O atual acordo entre a casa de Iwata e a SRT termina no final deste ano, mas as duas partes parecem satisfeitas com a união e dispostas a seguir adiante. A VR46 teria, então, a opção de usar motos da Suzuki, mas a fábrica japonesa ainda não decidiu sobre a possibilidade de ter uma escuderia satélite.

LEIA TAMBÉM
+ Dois irmãos: os duelos familiares do esporte a motor

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube