Porsche

'Aprendiz' de Cacá na Porsche Cup, Sylvio de Barros prevê decisão tensa, mas avisa: “Estou confiante”

Sylvio de Barros tem grandes expectativas para a decisão da Porsche Cup. Como a categoria preliminar da F1, o piloto reconheceu a tensão extra da etapa, especialmente pela falta de treinos, mas destaca confiança com o desempenho
Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
 Sylvio de Barros iniciou a temporada da GT3 Cup com tudo (Foto: Luca Bassani)
A temporada 2018 da Porsche Cup está próxima de seu fim. Neste final de semana, a categoria desembarca em Interlagos para a decisão do campeonato, e Sylvio de Barros já está cheio de expectativas para a prova que antecede a F1.
 
Ao longo do ano, o piloto foi presença constante no pódio. A regularidade obviamente se pagou e, com isso, chega ao circuito paulistano como líder da classe GT3 Cup 4.0 – sem os descartes, sustentando 170 pontos – 11 a mais que o segundo colocado.
 
“[A etapa] Vai ser tensa, vamos correr junto com a F1, temos pouco tempo de treino, vai ser um grid diferente do que fizemos até agora. Mas a corrida da Endurance foi como um treino de como vai ser. Consegui andar no mesmo ritmo do Ricardo Baptista e do Pedro Queirolo, nós vamos andar com eles lá no grid, então estou muito confiante para sair na frente na última etapa do campeonato”, comentou ao GRANDE PRÊMIO.
Cacá e De Barros (Foto: Bruno Terena)
Com grid diferente, De Barros quis dizer que as classes Carrera Cup e GT3 Cup correrão juntas as rodadas duplas – cada uma com sua classe, 4.0 e 3.8. Isso promete embaralhar o grid e dar ainda mais emoção para as disputas.

O piloto ainda deixou suas expectativas para as corridas. “Vamos para cima na última corrida do ano, na F1, estamos bem. Vão ser duas corridas legais para terminar o ano bem antes das nossas férias”, comentou.

Por fim, Sylvio ressaltou toda a experiência adquirida com Cacá Bueno ao longo da temporada, tanto como pupilo na GT3 Cup quanto como companheiro na Endurance Series. "Sempre bom correr com o Cacá [Bueno], tenho certeza de que estou indo no meu limite, é sempre muito aprendizado com ele. Estou muito satisfeito com meu desempenho, meu melhor na Porsche. Muito bom contar com ele, com toda a estrutura, com o apoio", encerrou.
 
Ao longo de dez corridas em cinco rodadas duplas ao longo da temporada, Sylvio subiu oito vezes no pódio, sendo cinco delas com vitórias. O piloto sustenta a liderança do campeonato desde a primeira etapa do ano.

A decisão da temporada 2018 da Porsche Cup acontece neste final de semana, em Interlagos. Preliminar da F1, no dia 11 de outubro, as quatro classes do campeonato conhecerão seus novos campeões.