Bicampeão, Roma capota em etapa do Dakar, sofre lesões na cabeça e coluna e é levado de helicóptero a hospital

Duas vezes vencedor do Rali Dakar - uma pelos carros e outra nas motos -, o francês Nani Roma se despediu da prova em 2018 após um acidente muito sério nos últimos metros da etapa desta terça-feira. Roma precisou ser levado a Lima de helicóptero

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Nani Roma, duas vezes vencedor do Rali Dakar, foi levado de helicóptero a um hospital em decorrência de um forte acidente sofrido na especial disputada nesta segunda-feira (8) entre as cidades de Pisco e San Juan de Marcona, no Peru. 

 
O acidente de Roma aconteceu por volta do quilômetro 296 da especial, bem próximo ao final, quando capotou e chegou a ficar de ponta cabeça no carro. A bordo do Mini que guia, o veterano e o co-piloto Alex Haro conseguiram terminar a etapa mesmo assim e apenas cerca de 26 minutos atrás do vencedor do dia, Nasser Al-Attiyah.
Nani Roma se acidentou com gravidade (Foto: Reprodução/Twitter)

Apesar do fim e de Haro ter saído sem problemas físicos, Roma pediu assistência média e teve traumas diagnosticados na cabeça e na coluna cervical. Pela seriedade das lesões, foi encaminhado de helicóptero do local até a Clínica Anglo Americana em Lima para maiores exames.

Piloto de 45 anos, Roma voltou a guiar um Mini neste ano após uma breve passagem pela Toyota – foi na Mini que ele faturou a vitória que tem nos carros, em 2014, enquanto a outra foi na competição das motos, em 2004, pela KTM.
 
Após o acidente, a expectativa é que Roma seja impedido de voltar para a disputa nesta que é a 40ª edição da história do Rali Dakar. Stéphane Peterhansel é quem lidera a prova no momento.

Outro acidente forte do dia envolveu a pilota argentina Alicia Reina, que abandonou a prova após seu carro pegar fogo sem causa evidente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube