Chuva aumenta volume de rio e força nova modificação no roteiro do Rali Dakar no retorno à Argentina

A organização do Rali Dakar foi forçada a fazer uma nova modificação no percurso do Rali Dakar por conta da cheia de um rio de deveria ser cruzado pelos competidores na oitava especial. Assim, o trecho cronometrado desta terça-feira (10) será neutralizado no CP1 para que o rio possa ser contornado antes do início da segunda perna da especial. Assim, a etapa foi reduzida em 73 km

 

A organização do Rali Dakar está trabalhando sem descanso na edição 2017. Depois de cancelar a sexta etapa e alterar o percurso da sétima especial, a equipe da ASO, empresa que promove e organiza a prova, teve de realizar mais uma modificação no roteiro desta terça-feira (10), na especial entre Uyuni, na Bolívia, e Salta, na Argentina.

 
Por conta das chuvas nos últimos dias, um rio que seria cruzado pelos competidores teve seu volume aumentado, impedindo a passagem. Assim, a organização diminui a etapa em 73 km.
Sam Sunderland tem a liderança do Dakar entre as motos (Foto: Red Bull Content Pool)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Desta forma, a primeira parte da especial será neutralizada no CP1, na marca de 174 km, para todos os competidores. Motos, carros, quadriciclos e UTVs percorrem, então, um enlace até alcançar a saída da segunda parte do trecho cronometrado, situada na fronteira entre Argentina e Bolívia, e retomam a corrida normalmente. Os caminhões, por sua vez, encerram a disputa no CP1 e depois partem para o acampamento argentino.
 
A ordem de chegada ao CP1, aliás, é que vai indicar a ordem de largada para a nona etapa do Rali Dakar, a chamada ‘Super Belén’. Nesta etapa, os participantes da prova vão roçar os 1000 km, sendo menos da metade deles de trechos cronometrados. Da especial, 98% será fora de pista, o que torna a navegação ainda mais exigente.
 
Ainda restam na disputa 110 motos, 24 quadriciclos, 64 carros, cinco UTVs e 48 caminhões.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube