Rali

Loeb se recupera no final e vence 6ª etapa dos carros, mas Al-Attiyah segue com boa vantagem no Dakar

Sébastien Loeb diminui a distância para Nasser Al-Attiyah na briga pelo título entre os carros ao vencer a sexta etapa, neste domingo (13), entre Arequipa e San Juan de Marcona. Agora, ele está a 37min do líder. Stépephane Peterhansel aparece em terceiro
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
6ª etapa – Arequipa – San Juan de Marcona
Trecho de especial: 291 km (Carros, caminhões e UTVs)
Deslocamentos: 291 km
Trecho total: 810 km

A sexta etapa do Rali Dakar entre os carros foi boa para três pilotos neste domingo (13): Sébastien Loeb, que triunfou pela terceira vez em uma especial; Nasser Al-Attiyah, que segue líder no geral; e Carlos Sainz, que chegou em terceiro e diminuiu um pouco um frustrante Dakar, cheio de problemas.

Depois de um merecido dia de descanso em Arequipa, o Rali Dakar iniciou neste domingo sua semana decisiva. Desta vez, porém, graças a introdução de um novo regulamento, carros, UTVs e caminhões que tiveram de se retirar da disputa na semana passada podem voltar à ativa, competindo em uma classificação diferente.

E, entre os carros, Loeb arrancou no final, ultrapassou o rival catari no penúltimo trecho do dia e acabou com a vitória, superando Al-Attiyah por 2min17s em 3h39min21s de trecho cronometrado. O segundo colocado liderava até o a parte decisiva, quando se perdeu e acabou levando a virada - estava em vantagem de dois minutos até ter o problema.

Peterhansel ficou só em sexto, mas para quem está ainda sonhando com a conquista, poderia ser pior: com o duelo entre Loeb e Al-Attiyah no final, ele conseguiu recuperar 10 minutos e diminuiu o prejuízo. À frente dele ainda chegaram Sainz, Cyril Després e Nani Roma, completando o top-5 do dia.
Nasser Al-Attiyah (Foto: Flavien Duhamel/Red Bull Content Pool)
Confira como foi a etapa entre os carros: 
 
Vencedor do quinto estágio, Loeb foi o responsável por puxar a fila rumo a especial. O líder Al-Attiyah, porém, não tardou em partir para o ataque e chegou a WP1 com 31s de frente para Stéphane Peterhansel. O multicampeão do WRC tinha o terceiro tempo.

Desde o início, as Dunas de Tanaka prometiam ser o fator de dificuldade desta edição do Dakar. E elas cobraram uma taxa extra de Peterhansel, que perdeu mais de 22 minutos em relação a Al-Attiyah ainda no início da disputa deste domingo.
 
Passados os primeiros 200 km da especial, Nasser seguia no comando do estágio, mas agora pressionado por Loeb, que vinha 1min31s atrás. Em um bom dia, Bernhard ten Brinke tinha o terceiro posto na tabela.
 
Depois de perder muito tempo nas dunas de Tanaka, Peterhansel vinha tentando reduzir o atraso em relação ao ponteiro. O ‘Mr. Dakar’ tinha baixado o atraso para menos de 20 minutos, mas, ainda assim, era uma diferença considerável.
 
No km 272 da especial, Al-Attiyah e Loeb perderam tempo na busca por um waypoint, mas o francês se saiu melhor e tomou a ponta, abrindo 1min26s de frente para o príncipe do Catar. Quem também soube se aproveitar do revés foi Peterhansel, que cortou seu atraso para 12 minutos no km 272 da especial.
 
No fim, Loeb completou o trecho cronometrado em 3h39min21s, superando Al-Attiyah por 2min17s.
Eduard Nikolaev (Foto: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool)
Viazovich vence nos caminhões.

O bielorusso Siarhein Viazovich triunfou na sexta etapa, neste domingo, nos caminhões - e de ponta a ponta. Por exemplo, na chegada ao CP1, ele já liderava a disputa, 3min38s à frente de Dmitry Sotnikov. Gerard de Rooy vinha em terceiro, já com mais de 3 minutos de atraso. 

Sotnikov, porém, teve problemas, tal como Eduard Nikolaev, o líder geral. Eles acabaram apenas com as quarta e quinta colocações, respectivamente. A segunda posição acabou herdada por de Rooy, que ficou a 5min45s do vencedor Viazovich, que completou a etapa em 4h28min25s. O argentino Federico Villagra completou o top-3, a 6min15s do vencedor.

Nikolaev manteve a primeira colocação na classificação geral mesmo com o resultado abaixo do seu usual: o russo, agora, tem 24h28min33s. Seu compatriota Sotnikov é o vice, a 10min13s. De Rooy e Villagra completam o top-4.