Com grandes do Brasil e do exterior, Sertões tem grid recorde com 90 UTVs

Grande coqueluche dos ralis nos últimos anos, os UTVs entram no Sertões 2021 com o maior grid da sua história. Com nada menos que 90 veículos inscritos, a categoria tem de ex-piloto de F1, campeões do Dakar, estrelas brasileiras e astros internacionais nesta edição

A Giaffone Racing, em conjunto com a CBMM, conseguiu deixar pronto o primeiro UTV híbrido para a largada do Sertões 2021 (Vídeo: Divulgação CBMM)

De todas as quatro categorias em disputa no Sertões na edição 2021, a 29ª da sua história, os UTVs são, de longe, a mais numerosa. A competição dos veículos utilitários, grande febre no universo dos ralis nos últimos anos, vai contar com 90 duplas inscritas, o que se configura num recorde histórico para a categoria na maior prova off-road das Américas. Além de grandes estrelas nacionais, como o campeão do Dakar Reinaldo Varela, há também astros internacionais, como a dupla norte-americana formada por Casey Currie e Sean Berriman, e até ex-piloto de Fórmula 1.

Além das tripulações nacionais, o Sertões 2021, que começa nesta sexta-feira (13) com o prólogo na Praia da Pipa, em Tibau do Sul, Rio Grande do Norte, há competidores inscritos oriundos dos Estados Unidos, Portugal e Paraguai. Quem também faz parte da disputa é Nelsinho Piquet, que no ano passado fez quatro especiais e neste ano vai fazer a competição de forma integral, uma vez que não terá pela frente o conflito de datas com a Stock Car.

Denísio Casarini e Ivo Renato Mayer vão defender o título conquistado em novembro do ano passado em desfecho emocionante e definido somente no último dia do Sertões. A missão não vai ser nada fácil, já que a concorrência vai oferecer um desafio brutal à dupla.

LEIA TAMBÉM
+Sertões volta ao Mundial para motos e quadris, mas ainda sem grandes estrelas do Dakar
+Sertões tem irmãos Baumgart favoritos nos carros, enquanto concorrência tenta engrossar

Reinaldo Varela (à direita) é um dos grandes nomes do Sertões (Foto: Vinícius Branca)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O esquadrão brasileiro conta com nada menos que dois campeões do Dakar: Leandro Torres, dono do título em 2017 ao lado de Lourival Roldan, desta vez vai fazer dupla com João Henrique Franco Arena, enquanto o tricampeão mundial e campeão do Dakar em 2018, Reinaldo Varela, vai formar dupla com Gunnar Dums.

O clã Varela ainda vai contar com Rodrigo Varela, que vai formar dupla com o experiente navegador luso Filipe Palmeiro, enquanto Gabriel Varela vai ter ao seu lado o navegador Filipe Bianchini. A chamada ‘família da poeira’, no entanto, vai ter um desfalque de última hora. Bruno Varela, campeão do Sertões em 2017, teve de ser internado de última hora nesta semana para ser submetido a uma cirurgia para tratar de uma apendicite aguda.

Entre as duplas estrangeiras, vale ficar de olho nos norte-americanos Casey Currie e Sean Berriman, que venceram o Dakar em 2020. Os dois, ao lado de Torres e Arena, despontam como os grandes candidatos a quebrar a hegemonia da Can-Am no Sertões. Tanto os brasileiros quanto os estadunidenses vão fazer a prova com UTVs fabricados pela Polaris.

UTV; SERTÕES; DENÍSIO CASARINI; IVO MAYER;
Denísio Casarini e Ivo Mayer vão defender o título do Sertões nos UTVs (Foto: Vinícius Branca)

Cabe também destaque para Edu Piano, um dos maiores nomes da história do Sertões, com sete títulos, que vai reeditar a vitoriosa dupla com Solon Mendes, e Kaique Bentivoglio, campeão da prova como navegador de Lucas Moraes nos carros em 2019, desta vez como piloto do UTV #213 da Polaris, fazendo dupla com Armando Miranda. Também é importante pontuar a presença da experiente Helena Deyama, que além de pilota também exerce a função de comentarista da W Series nos canais SporTV. ‘Heleninha’ vai formar dupla nos UTVs ao lado de Cristina Starling Possetti.

A grande novidade do Sertões no aspecto tecnológico é a estreia do UTV híbrido e com peças construídas em nióbio. O veículo, batizado de EXO Nb Hybrid, tem sido desenvolvido pela Giaffone Racing em parceria com a CBMM e vai fazer seu debute no maior rali do Brasil a partir desta sexta-feira. A fabricante sofreu um grande baque com o acidente com o caminhão que transportava os UTVs com destino ao Rio Grande do Norte. Depois de enorme força-tarefa, já é possível dizer que os UTVs híbridos, construídos e desenvolvidos ao longo de mais de um ano, vão alinhar na rampa de largada do Sertões na Praia da Pipa.

O projeto do UTV híbrido desenvolvido pela Giaffone Racing e a CBMM é dotado de tecnologia 100% nacional e faz parte de um ambicioso projeto sustentável do Sertões de contar, a partir de 2025, apenas com veículos com energia renovável como híbridos, elétricos, movidos a etanol ou combustível sintético.

Quais as melhores e as piores duplas da Fórmula 1 em 2021? Este é o tema do Paddockast #116. Ouça

Na lista prévia de inscritos divulgada pela organização do Sertões, Thiago Giaffone vai pilotar o UTV movido a etanol, de numeral #228, ao lado do navegador Rafael Leandro Pereira Dias. O experiente Rafael Cassol será o piloto do UTV híbrido #261 ao lado da também experiente navegadora Minae Miyauti, enquanto o segundo UTV híbrido, de numeral #289, será tripulado pelo piloto Frederico Macedo e pelo navegador Nickolas Pombo de Macedo. Os três veículos integram a categoria UTV Experimental.

A 29ª edição do maior rali das Américas já é conhecida por ser o Sertões 100% sertão, uma vez que o roteiro da prova será todo no Nordeste, com largada pela primeira vez no Rio Grande do Norte e passagens também por Paraíba, Piauí, Bahia, Alagoas, Ceará e Pernambuco, com chegada na Praia dos Carneiros, em Tamandaré.

O Sertões 2021 tem início nesta sexta-feira, 13 de agosto, com o prólogo, e será desenrolado ao longo de nove etapas, com 3.616 km de percurso total e 2.202 km de trecho cronometrado, as especiais do rali.

O Sertões 2021 terá cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

POR QUE VETTEL SE TORNOU O PILOTO MAIS NECESSÁRIO À F1 | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar