Com 10 vencedores em 11 corridas, Stock Car transforma atraso em emoção

Só Ricardo Zonta venceu duas corridas em 2020, e a Stock Car tem classificação apertada e líder que sequer subiu no lugar mais alto do pódio. A pandemia atrasou o campeonato, mas tal demora trouxe mais emoção

Os quatro meses de atraso com que a Stock Car iniciou em 2020, devido à pandemia do coronavírus, poderiam ter estragado a temporada com um tipo ruim de emoção: pilotos perderam patrocinadores, equipes sofreram com recursos, cidades ficaram impossibilitadas de sediar etapas, o calendário segue sofrendo alterações.

Mas não é essa a realidade no que importa: a disputa pelo título. É justo dizer que nem toda corrida é extremamente apertada, cheia de batalhas – como as duas do Velocitta, no último final de semana, certamente não foram -, mas é inegável que o campeonato está emocionante. E é impossível fazer qualquer previsão, ou dar o favoritismo a um, dois, três nomes…

Se há um lado bom de tudo de ruim que o esporte (e o mundo) vive em 2020, a Stock Car encontrou: até o fim, a disputa terá emoção, será intensa.

Julio Campos é um entre 10 pilotos que já venceram em 2020 (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Dentro das sete etapas já disputadas até o momento, foram 11 corridas. Dentre estas, 10 vencedores diferentes – só Ricardo Zonta subiu duas vezes ao lugar mais alto do pódio, em Goiânia e na Corrida do Milhão.

A demora em iniciar a temporada acabou por atrasar algumas equipes no entendimento do carro, mas também traz à briga cada vez mais pilotos e times que se acertaram durante as etapas já disputadas. Ninguém consegue se destacar, nem com domínio em classificações, nem em corridas.

O principal exemplo é o líder do campeonato: Cesar Ramos. Ele até fez duas poles, mas foram na mesma pista (Interlagos) e tem exatamente nenhuma vitória. O líder não venceu!

A Stock Car promete emoção até o fim do ano (Foto: Duda Bairros/Vicar)

E quem venceu, se são tantos? Eles estão em posições variadas: do segundo ao 14° colocado é possível encontrar vencedores. E Gabriel Casagrande, Allam Khodair e Átila Abreu estão no top-10, tal como Ramos, sem triunfar.

Nenhuma prova tem um favorito claro, nenhuma pista tem ajuste perfeito para alguma equipe. Todos já tiveram altos e baixos – e isso lembra que o aperto vai aumentar, afinal, são três descartes antes da última etapa. Quem foi mal em uma ou outra prova, descontará com os bons resultados, não só vai depender de rivais também errarem, passarem por dias ruins.

A temporada 2020 ainda vai apresentar muitas curvas sinuosas na briga pelo título (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Por fim, a Chevrolet parece enfim ter encontrado como disputar de igual para igual com a Toyota – vencendo as duas corridas no Velocitta.

Se isso se consolidar, os pilotos que sofreram com a disparidade no primeira parte da temporada podem confiar nos descartes para se aproximar ainda mais dos da Toyota. Quase ninguém pode dizer adeus ao título com cinco etapas por vir. Se não tem mata-mata, a Stock Car encontrou um pontos corridos tão bom quanto.

A Stock Car volta nos dias 7 e 8 de novembro, em Curitiba, com duas etapas – separadas no sábado e no domingo. O GRANDE PRÊMIO faz cobertura completa.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube