Serra diz que ano do tri foi “o mais difícil”, mas destaca: “Jogamos bem o jogo”

Daniel Serra não poderia ficar mais satisfeito com o desfecho de sua temporada 2019 da Stock Car. Após um ano bastante difícil e com adversários competitivos, o titular da RC Eurofarma destacou que soube jogar o jogo para alcançar o tri


 

Daniel Serra encerra o domingo (15) como o mais novo tricampeão da Stock Car. Em Interlagos, ao receber a bandeira quadriculada na segunda colocação foi resultado suficiente para conquistar o título de 2019.
 

O campeonato da principal categoria do automobilismo mundial chegou à Grande Final com tudo em aberto. Apesar de o titular da RC Eurofarma desembarcar como o favorito, tinha cinco outros adversários na briga pelo caneco – Thiago Camilo era o mais próximo.
 
Então, em uma prova onde largou da sétima colocação, foi escalando o pelotão aos poucos e nem mesmo um susto durante sua parada foi suficiente de impedir de alcançar a taça da temporada. Com isso, igualou o feito do pai Chico ao emendar três títulos consecutivos.
 
Ao falar de sua campanha em 2019, reconheceu que não tinha o melhor carro, mas exaltou ter usado bem o regulamento a seu favor. “Foi uma temporada, acho que das três, talvez a mais difícil. A gente teve que saber jogar o jogo muito bem. O carro mais rápido não era o nosso, o conjunto ― carro/piloto ― mais rápido não era o nosso”, falou em coletiva de imprensa com presença do GRANDE PRÊMIO.
Daniel Serra (Foto: Cauê Moalli/Grande Prêmio)
“O Thiago foi mais rápido que a gente, tá aí acho que cinco poles, seis poles, não sei quantas vitórias, mas acho que a gente jogou o jogo muito bem, e acho que isso mostra muito o trabalho da equipe, que sempre fez pit-stops perfeitos, estratégia perfeita, um carro de corria muito bom”, seguiu.
 
“Se na classificação a gente não conseguia bater o Thiago, na corrida, por algumas vezes, a gente conseguiu jogar na corrida 1, corrida 2. Mais uma vez o meu carro não parou com problema mecânico, de 36 finais de semana que eu estou a equipe, parou uma vez em Londrina e não era uma peça de responsabilidade da equipe”, continuou.
 
“Então acho que isso só mostra o que eu sempre falei em todos os anos do valor desta equipe, o quanto essa equipe é boa. Quando a gente teve o carro mais rápido, a gente ia lá e fazia a pole, ganhava. Quando a gente não teve, a gente continuou trabalhando para tentar achar e sempre se manteve competitivo”, encerrou.
 
As comemorações foram muitas após a corrida. Rosinei Campos, chefe da RC Eurofarma, admitiu alívio por ter conseguido o título após o ano tão difícil, enquanto Chico destacou como a conquista do filho era merecida.
 

Carregando…

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar