TCR Sul-Americano realiza primeiro teste coletivo no interior de São Paulo

O TCR Sul-Americano, nova categoria de turismo, fez o primeiro teste coletivo com nove carros no Brasil

Com início da temporada inaugural previsto para 23 de maio, em Goiânia, o TCR Sul-Americano foi para pista pela primeira vez nesta quinta-feira (15) com um teste coletivo. A atividade foi promovida pelas equipes brasileiras da categoria, realizado num autódromo privado próximo de Elias Fausto, no interior de São Paulo, com nove carros de quatro montadoras diferentes: Honda, Hyundai, Audi e Alfa Romeo.

“Ficamos muito satisfeitos com a iniciativa das equipes de promoverem essa atividade conjunta. Devemos ter ainda outros testes antes da abertura da temporada”, comentou Maurício Slaviero, organizador das etapas da categoria no Brasil. Entre os pilotos confirmados, rodaram Fabio Casagrande (Alfa Romeo-PropCar), Adalberto Baptista (Audi-Cobra Racing), Raphael Reis (Honda-W2 Racing) e a dupla Marcio Basso e Guilherme Reischl (Audi-MCTubarão). Outros nomes de destaque no treino, que não teve cronometragem oficial, foram Bruno Baptista, Beto Monteiro, Sergio Jiménez e Guga Lima.

O TCR Sul-Americano realizou teste coletivo (Foto: Duda Bairros)

Dono da equipe PropCar, de longa trajetória nas categorias de base, Dárcio dos Santos também falou ao GRANDE PRÊMIO sobre o ensaio inaugural da categoria regional: “Foi nosso primeiro contato com o carro. Trabalhamos na regulação das barras estabilizadoras, na cambagem e também testamos as reações depois de fazer as devidas modificações. O Alfa Romeo é um excelente carro, vai brigar pelo campeonato com certeza”. A Dunlop foi confirmada como fornecedora dos pneus após um teste feito por Nonô Figueiredo no Velopark (RS).

Enquanto isso, do outro lado das fronteiras, as equipes da Argentina ainda sequer receberam seus carros, mas a expectativa é que possam chegar na próxima semana, e assim possam também ter um teste coletivo no autódromo de Alta Gracia, Córdoba. No momento, as equipes confirmadas são RAM Racing e Chetta Racing (Honda) e FDC (Hyundai), ao mesmo tempo que a Toyota Gazoo Racing trabalha na homologação do Toyota Corolla, no qual compete na Stock Car e no Súper TC2000 da Argentina.

Outras equipes confirmadas são a Peru Racing Team (Honda), que terá Rodrigo Pflucker como piloto, outro time chileno que vai competir com a Hyundai e tem confirmados Víctor Cornejo e Javier Scuncio no volante, e finalmente, pelo lado uruguaio, houve interesse para fazer um time com a Peugeot liderado por Enrique Cadenas – ex diretor da equipo Peugeot Sport do STC2000 -, mas, por causa da pandemia, o projeto foi cancelado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

LEIA TAMBÉM
+F1 TV Pro libera 7 dias de teste gratuito. Saiba como aproveitar na Emília-Romanha

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube