Salustiano queima largada, sofre punição e vê triunfo de Ramasauskas na corrida 2 da Copa Truck em Tarumã

Corrida teve apenas 13 voltas e ficou com safety-car na pista por 15 minutos por conta de um acidente de Renato Martins. Roberval Andrade e Felipe Giaffone completaram o top-3

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A segunda bateria terminou com Witold Ramasauskas, da Volkswagen-MAN, como vencedor da segunda corrida em Tarumã, abertura da Copa Sul-Sudeste da CopaTruck 2017, na tarde deste domingo (15). A prova foi marcada por um forte acidente sofrido por Renato Martins e também por uma punição para Paulo Salustiano que, por ter queimado a largada, foi desclassificado da prova após não ter cumprido o drive-through. Foi a primeira vitória de Ramasauskas na Copa Truck.

A corrida começou com Ramasaukas segurando a liderança na largada depois de largar na frente, mas sendo bastante pressionado por Salustiano. Danilo Dirani, vencedor da primeira prova, se manteve em oitavo lugar. Régis Boessio e Wellington Cirino abandonaram a prova ao final do primeiro giro.

Na segunda volta, Beto Monteiro teve um problema em seu caminhão e ficou fora da prova. Logo em seguida, dois acidentes muito parecidos: Martins sofreu um toque e foi parar na barreira de pneus. Duda Bana também bateu e o safety car veio para a pista faltando 19 minutos para a prova terminar.

Com o caminhão MAN, Witold Ramasauskas venceu pela primeira vez na Copa Truck (Foto: Rodrigo Ruiz)

A prova ficou por quase 15 minutos com o carro de segurança na pista e, com isso, Ramasauskas, Salustiano e Roberval Andrade eram os três primeiros, com Felipe Giaffone, Adalberto Jardim e Dirani logo atrás.

Na relargada da prova, Salustiano ultrapassou Ramasauskas e assumiu a liderança ao final da primeira curva. Dirani ultrapassou  Jardim e foi para a quinta posição.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Então, na 10ª volta, a direção de prova anunciou a punição para Salustiano, que foi punido por queima de largada e, assim Ramasauskas reassumiu a ponta. O truck #55 não cumpriu o drive-through, terminou a prova na frente, mas já ao final da prova, foi anunciado sua desclassificação.

Na volta 11, um problema no caminhão de Dirani fez com que o ganhador da primeira bateria abandonasse a prova.

Com esses resultados, Ramasauskas somou 24 pontos, com Andrade e Giaffone completando os três primeiros. Dirani somou mais um ponto por fazer a melhor volta da prova com 1min23s071.

A próxima etapa da temporada 2017 da Copa Truck acontece no dia 17 de dezembro, quando o autódromo de Interlagos recebe a última prova deste ano.

O GRANDE PRÊMIO acompanha in loco todo o fim de semana da etapa de Tarumã, abertura da Copa Sul-Sudeste da Copa Truck com o repórter Vitor Fazio. Leia todo o noticiário aqui.

Copa Truck, Tarumã, corrida 2, final:

1 13 Witold RAMASAUSKAS Volkswagen 25:55.443 13 voltas
2 15 Roberval ANDRADE Iveco +0.911  
3 4 Felipe GIAFFONE Volkswagen +1.268  
4 5 Adalberto JARDIM Volkswagen +1.735  
5 7 Débora RODRIGUES Volkswagen +2.547  
6 53 Ronaldo KASTROPIL Mercedes-Benz +7.642  
7 99 Luiz LOPES Iveco +10.596  
8 72 Djalma FOGAÇA Ford +12.389  
9 27 Fábio FOGAÇA Ford +19.654  
10 28 Danilo DIRANI Scania +2 voltas NC
11 25 Jaidson ZINI Scania +4 voltas NC
12 47 Duda BANA Scania +8 voltas NC
13 88 Beto MONTEIRO Iveco +11 voltas NC
14 9 Renato MARTINS Volkswagen +11 voltas NC
15 55 Paulo SALUSTIANO Volkswagen   DSQ
 
'EXTRAORDINÁRIO'

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube