Farfus supera postulantes ao título em Hockenheim e crava segunda pole-position consecutiva no DTM

Augusto Farfus vai largar mais uma vez na primeira colocação no DTM. Depois de cravar a pole-position e vencer a etapa de Valência, há três semanas, feitos inéditos para o Brasil na categoria, ‘Ninho’ confirmou a boa fase que vive com sua segunda pole-position consecutiva

Três pilotos têm chances matemáticas de título, mas é outro piloto que pode atuar de maneira decisiva no desfecho do campeonato de 2012 do DTM, neste domingo (21), em Hockenheim. O brasileiro Augusto Farfus superou os dois principais postulantes ao posto de campeão para conquistar a pole-position para a última etapa da temporada.

Esta é a terceira vez que Farfus se classifica para largar na primeira fila no DTM (Foto: DTM)

O piloto da BMW cravou a segunda pole-position de sua carreira no DTM, confirmando sua evolução ao longo de seu ano de estreia. Farfus largou na frente em Valência, na penúltima prova do ano, e venceu de ponta a ponta. Na festa de encerramento do campeonato, terá mais uma chance para, pelo menos, subir ao pódio. Ele ocupa a oitava classificação no campeonato, já se consolidou como o melhor estreante do ano e tem chances matemáticas, mas não tão grandes, de ganhar mais duas posições e terminar 2012 em sexto lugar.

No Q4, a última fase da classificação, Farfus foi o último a entrar na pista, mais rápido que fora no Q3, e cravou 1min34s140, tirando a pole-provisória de Gary Paffett, o líder da tabela de pontuação. Aliás, Paffett abriu a temporada com vitória justamente em Hockenheim, no mês de abril. Na ocasião, ele largou da terceira fila, na sexta posição.

Entre Spengler e Paffett, a decisão do título pode ser uma questão de terminar na frente (Foto: DTM)

O inglês, que defende a Mercedes, chega a esta etapa decisiva com três pontos de vantagem para Bruno Spengler, da BMW, que largará na terceira posição, ao lado de Mattias Ekström. A diferença entre os dois, na pista em Hockenheim, foi de somente 0s007. Jamie Green, que corre por fora e só conquista o título com uma vitória combinada a resultados ruins de seus adversários, partirá na décima posição.

A sequência do grid de largada apenas atesta como a BMW é superior, no conjunto geral da obra, a Mercedes e Audi em Hockenheim. Joey Hand, Martin Tomczyk e Dirk Werner, todos representantes da montadora bávara, largam em quinto, sexto e sétimo lugares, respectivamente. Dos seis bólidos de Munique, apenas o de Andy Priaulx, 14º, não avançou ao Q3.

Timo Scheider e Edoardo Mortara e o já citado Green completam o top-10, que tem cinco carros da BMW, três da Audi e dois da Mercedes. Dentre os pilotos com passagem pela F1, Ralf Schumacher largará em 17ª, e David Coulthard, em 21º.

A largada para a etapa decisiva do DTM acontecerá uma hora mais tarde do que o habitual: será às 10h (de Brasília).

DTM, Hockenheim, classificação:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube