Nascar: Harvick vence e Keselowski assume liderança em prova marcada por briga generalizada em Phoenix

Com o resultado adverso de Jimmie Johnson no Arizona, Brad Keselowski assumiu a liderança e chegará à decisão da Nascar em vantagem. Clint Bowyer perdeu as chances de título e a linha, e sua equipe protagonizou uma briga épica em Phoenix

Kevin Harvick venceu a 35ª etapa da temporada 2012 da Nascar, disputada neste domingo (11), em Phoenix, no Arizona. Foi a sua primeira vitória em 44 corridas, desde Richmond em 2011, e a 19ª de sua carreira na primeira divisão da categoria norte-americana. Mas não foi a vitória de Harvick o que mais chamou a atenção nas últimas voltas no oval de uma milha.

Na penúltima volta, Jeff Gordon retaliou Clint Bowyer por causa de um acidente no começo da corrida e tirou o rival da disputa pelo título. A atitutde do tetracampeão provocou a ira de Bowyer e sua equipe, e mecânicos dos carros #24 e #15 foram às vias de fato na área de boxes. Bowyer também tentou atacar Gordon, mas foi segurado por seguranças na porta do caminhão do piloto. O incidente provocou, inclusive, uma bandeira vermelha.

Kevin Harvick não vencia há 44 corridas na Nascar (Foto: Nascar)

Para vencer, Harvick tirou uma vitória que parecia certa para Kyle Busch. Este, por sua vez, terminou em terceiro, superado também por Denny Hamlin na última volta. O top-5 foi completado por Kasey Kahne e Ryan Newman. Brad Keselowski foi o sexto colocado e, com os pontos que somou, agora tem 20 de vantagem sobre Jimmie Johnson.

Atrás do grupo dos melhores colocados, um big-one encerrou com chave de ouro, pelo menos para os fãs estadunidenses, a penúltima etapa de 2012, e pilotos cruzaram a linha de chegada de todo jeito: de lado, de ré, ralando o muro, etc.

Antes líder, Johnson deixou a corrida de Phoenix na volta 234, quando seu pneu dianteiro direito explodiu. O #48 perdeu o controle e bateu contra o muro da curva 4. Sua equipe demorou para conseguir realizar os reparos necessários e o pentacampeão passou 38 voltas nos boxes. Johnson terminou na 32ª colocação.

A próxima etapa da Nascar, que definirá o título a favor de Keselowski ou Johnson, está marcada para o próximo domingo (18). A largada em Homestead, Miami, acontecerá às 17h (de Brasília), mesma hora em que terá início o GP dos Estados Unidos, que marcará o retorno da F1 ao país.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube