Pole na decisão do DTM, Farfus não vê necessidade de jogo de equipe a favor de Spengler em Hockenheim

Augusto Farfus vai largar à frente de Gary Paffett e Bruno Spengler na última prova do campeonato. Surpreso por ter conquistado uma pole-position inesperada, o brasileiro não acredita que precisará ajudar seu companheiro de BMW na briga pelo título, já que Spengler pode ser campeão chegando em segundo lugar

Pode ser que Augusto Farfus Jr. acabe exercendo um papel decisivo para o título do DTM neste domingo (21), em Hockenheim, na Alemanha. Pole-position da última corrida da temporada, Farfus terá, ao seu lado, o líder do campeonato, Gary Paffett e, atrás, o companheiro de BMW e vice-líder Bruno Spengler.

Dadas as circustâncias, é natural que possa acontecer um jogo de equipe para facilitar o trabalho de Spengler rumo ao título. No entanto, o brasileiro não crê que vá precisar ajudar o canadense no duelo contra Paffett: é justamente a situação do campeonato que lhe possibilitará brigar pela vitória.

Farfus vibra com a sua segunda pole consecutiva na temporada (Foto: BMW)

O raciocínio é o seguinte: “O Gary e o Spengler depende somente de si próprios, então não será necessário pensar em um trabalho de equipe”. A vantagem do britânico é de três pontos, mas Spengler tem uma vitória a mais, então, basta que o piloto da BMW chegue em segundo ou terceiro para ficar com a taça – desde que esteja à frente de Paffett, claro.

“Independente de os candidatos ao título estarem logo atrás de mim, vou focar na minha corrida, em fazer uma boa largada e o melhor possível durante toda a prova”, declarou Farfus. “Temos boas informações de Hockenheim, que foram fundamentais para o nosso bom desempenho até aqui e serão utilizadas amanhã também”, completou.

Falando especificamente da conquista da pole-position, Farfus se mostrou surpreso com o resultado “inesperado”, mas comemorou o fato de conseguir algo assim no encerramento da temporada. “Sabia que tinha um carro competitivo para estar entre os cinco primeiros, mas conseguimos fazer uma boa leitura das condições de pista e fizemos mudanças positivas durante a sessão, que nos levaram ao acerto ideal para esse resultado fantástico”, falou.

‘Ninho’ ainda destacou o avanço em relação ao começo do ano. Em abril, quando Hockenheim recebeu a prova de abertura do campeonato, o curitibano largou somente em 19º. “Eu sinto que este é um grande passo à frente”, avaliou. Farfus é o melhor estreante da temporada de 2012 do DTM e ocupa a oitava colocação, mas pode, dependendo dos resultados deste domingo, subir para o sexto lugar.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube