TCR Sul-Americano anuncia entrada de equipe Onze em ano de estreia com carro da Audi

A Onze Motorsports, equipe de propriedade de Nonô Figueiredo, vai alinhar com dois Audi RS3 LMS TCR, recebendo os carros até o fim deste ano da equipe sueca Brink, que disputa o TCR da Escandinávia

A temporada que vai marcar a inauguração do TCR Sul-Americano, em 2021, já tem mais uma equipe confirmada. A Onze Motorsports, escuderia criada e gerida por Nonô Figueiredo, piloto com quase 200 largadas na Stock Car, campeão do extinto Brasileiro de Marcas em 2016 e vice em 2017 pela própria equipe, vai acelerar no novo campeonato continental e vai alinhar dois modelos Audi RS3 LMS TCR. A Onze vai receber os carros até o fim da temporada, que serão enviados pela equipe sueca Brink, que disputa o TCR Escandinávia. No momento, ainda não há confirmação sobre os pilotos que vão disputar a temporada pela equipe de Nonô.

O campeonato tem início previsto para abril de 2021 com a etapa de Interlagos, em São Paulo. No calendário prévio, há a expectativa de etapas também em Curitiba e Santa Cruz do Sul, no Brasil, além de uma rodada dupla no Uruguai, em Rivera, outras três na Argentina e fechando a temporada inaugural em Temuco, no Chile. Com previsão de transmissão ao vivo pela TV e pelas mídias sociais da nova categoria, o TCR Sul-Americano compreende também a realização, em 2021, de duas etapas, com uma corrida de 200 km cada, em que os pilotos titulares vão dividir a pilotagem do carro com um convidado.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

ONZE MOTORSPORTS; TCR;
A Onze Motorsports, equipe de Nonô Figueiredo, vai disputar o TCR Sul-Americano em 2021 (Foto: Divulgação)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Nonô, de 49 anos, ressaltou o entusiasmo com o formato do TCR ao redor do mundo e justificou a opção pelo carro da Audi para a temporada de estreia.

“Acompanho os campeonatos de TCR desde 2015, no seu início na Europa. Ainda mais nos últimos dois anos, quando passou a ter aproximadamente 30 certames internacionais com excelente nível de disputas e equilíbrio em praticamente todos eles”, disse.

“Escolhi o Audi RS3 LMS porque, além de ter sido desenvolvido pela Audi, uma das marcas mais conceituadas do automobilismo mundial, em diversas categorias como Le Mans Series, DTM e Fórmula E, este seu esportivo também conseguiu, na média, os melhores resultados entre os mais de 12 modelos que são homologados para competir no TCR”, destacou.

Dentre os modelos homologados, além do Audi RS3 LMS TCR, estão o Alfa Giulietta Quadrifoglio Verde, Seat Cupra TCR, Honda Civic Type R FK2 e R-FK7, Hyundai i30 N e Veloster N, KIA cce’d, Lada Vesta Sport, Fiat Tipo, Peugeot 308, Opel Astra, Renault Mégane RS, Subaru WRX STI e Golf GTI.

Figueiredo falou também sobre a parceria que vai estabelecer para a estreia no TCR com a Brink Motorsport, equipe que tem como um dos pilotos o sueco Tobias Brink, terceiro colocado no TCR Escandinávia, que teve o desfecho da temporada concluído em 10 de outubro.

“Um dos nossos RS3 LMS é o que foi pilotado pelo Tobias Brink, que terminou em terceiro lugar no certame dos países nórdicos deste ano. Em 2019, foi vice-campeão. Outro ponto que qualifica o modelo da Audi como um dos mais competitivos, e que influenciou muito em minha escolha, são os resultados da marca nos principais campeonatos do mundo de TCR”, disse.

O TCR Sul-Americano tem como organizador e representante brasileiro Maurício Slaviero, dirigente que se notabilizou pelo trabalho à frente da Stock Car até 2016. Conhecedor do trabalho de Nonô Figueiredo, Maurício comemorou a chegada de mais uma equipe à categoria.

“Nonô Figueiredo é um autêntico racer e há muitos anos vive do esporte a motor. Ele sempre esteve envolvido com grandes patrocinadores e tem repertório nas mais variadas categorias de carros de turismo. Seja como piloto, coach ou dono de equipe, Nonô tem histórias vitoriosas em seu currículo”, afirmou Maurício.

“Sua presença na temporada inaugural do TCR South America, como chefe de equipe da Onze Motorsports, será muito importante para o campeonato. Não tenho dúvida de que o Audi RS3 LMS TCR preparados sob sua supervisão terão total condição de mostrar performance em 2021”, concluiu.

Além da Onze Motorsports, o TCR Sul-Americano já tem duas equipes brasileiras confirmadas no grid para 2021: a W2, que vai de Honda Civic e terá Raphael Reis como um dos pilotos, e a MC Tubarão, que vai alinhar dois Audi RS3 LMS TCR, tendo como um dos seus competidores o experiente Márcio Basso, que inclusive já testou o modelo no Velopark e em Tarumã, no Rio Grande do Sul.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube