F1
13/05/2015 16:17

Palmer aproveita pneus supermacios, bate Wehrlein e coloca Lotus na frente no último dia de testes coletivos em Barcelona

Com menos de 20 minutos para o fim do segundo dia de testes no circuito catalão, Jolyon Palmer desbancou a Mercedes de Pascal Wehrlein e deu um novo colorido à semana ao colocar a Lotus preta e dourada no topo da tabela de tempos em Montmeló. Usando pneus supermacios, o britânico cravou 1min26s080 para garantir o melhor tempo do dia
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Jolyon Palmer (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Deu Lotus no segundo e último dia de testes coletivos que a F1 promoveu nesta semana no circuito de Barcelona. Nesta quarta-feira (13), outros nove pilotos deram sequência às atividades de pista iniciadas na última terça-feira e lideradas por Nico Rosberg, que acabou a sessão como dono do melhor tempo em Montmeló. Nesta quarta, foi a vez de a Mercedes colocar o terceiro piloto Pascal Wehrlein para ganhar quilometragem e seguir com o cronograma de testes do time. O jovem alemão completou um total de 137 voltas e comandou a tabela de tempos em praticamente todo o dia, mas foi superado no fim pelo britânico Jolyon Palmer, que aproveitou o melhor uso dos pneus supermacios para bater a Mercedes e registrar 1min26s808 e colocar a Lotus na frente em Barcelona.

A diferença do tempo obtido por Palmer em relação a Wehrlein foi de 0s417, mas o piloto reserva da Mercedes alcançou sua melhor marca com pneus médios, assim como o terceiro colocado na tabela de tempos, o jovem e promissor francês Pierre Gasly. O piloto, que disputou em 2014 a World Series e neste ano compete pela Dams na GP2, participou da sessão na terça-feira pela Toro Rosso, e nesta quarta guiou o Red Bull RB11 e foi um dos destaques do treino. Depois de enfrentar uma manhã em que completou apenas 21 voltas e não mercou tempo, Gasly voltou forte à tarde e marcou 1min26s683, terminando a menos de 0s2 de Wehrlein, que também usou o mesmo composto de pneu em sua volta mais rápida.
Jolyon Palmer (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
O trio de jovens pilotos desbancou Jenson Button, que foi um dos poucos titulares em pista nesta quarta-feira. Depois de ter esbravejado contra o MP4-30, o piloto da McLaren desta vez não teve grandes problemas na condução do carro empurrado pelo motor Honda. Com 99 voltas completadas na soma dos dois períodos, o campeão mundial de 2009 finalizou a sessão em quarto lugar, mas assim como Palmer, fez uso dos pneus supermacios para obter sua melhor marca ao longo do dia, 1min26s927.

Alex Lynn, em sua estreia como piloto de F1, pilotou o Williams-Mercedes FW37 e não comprometeu. O britânico, companheiro de Gasly na Dams pela GP2, completou um total de 52 voltas e ficou a apenas 0s040 do tempo estabelecido por Button e finalizou em quinto lugar. Lynn foi o piloto que menos andou nesta quarta-feira em Montmeló, menos da metade em relação a Wehrlein. Com pneus macios, Esteban Ocon finalizou sua primeira participação como piloto de F1 ao posicionar a Force India em sétimo lugar na tabela de tempos. O francês, campeão da F3 Europeia em 2014, foi seguido por Esteban Gutiérrez, que fez sua estreia a bordo da Ferrari SF15-T em Barcelona.

O mexicano focou em avaliações aerodinâmicas, mas também dedicou boa parte do seu trabalho à avaliação dos protótipos que a Pirelli construiu visando a temporada de 2016. Esteban terminou com o sétimo melhor tempo, 1s850 atrás de Palmer. Carlos Sainz Jr., o outro piloto titular a testar na quarta-feira, foi responsável por uma das duas bandeiras vermelhas na parte da tarde ao enfrentar problemas com seu carro na entrada do pit-lane em Barcelona. Outra interrupção foi causada pelo também taurino Gasly, que um minuto após a liberação da pista, teve uma pane em seu RB11 e ficou parado na saída do pit-lane. Sainz Jr., um dos destaques do fim de semana do GP da Espanha, cumpriu grande quilometragem e completou 125 voltas para terminar em oitavo, à frente de Raffaele Marciello, que teve uma tarde bem mais consistente e livre de problemas. O italiano completou 75 voltas com o Sauber-Ferrari C34, anotou 1min28s829 em sua melhor passagem e finalizou em nono e último lugar.

Passada a primeira de duas sessões de testes coletivos que a F1 promove na intertemporada, a categoria agora se prepara para sua mais tradicional prova. No próximo fim de semana, será disputado o GP de Mônaco, sexta etapa da temporada 2015. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades de pista nas ruas de Monte Carlo, a partir da próxima quinta-feira (21).

F1, temporada 2015, Barcelona, testes coletivos, dia 2, final:

1 30 JOLYON PALMER FRA LOTUS MERCEDES 1:26.080   87
2 23 PASCAL WEHRLEIN ALE MERCEDES 1:26.497 +0.417 137
3 38 PIERRE GASLY FRA RED BULL RENAULT 1:26.683 +0.603 75
4 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:26.927 +0.847 99
5 40 ALEX LYNN ING WILLIAMS MERCEDES 1:26.967 +0.887 52
6 34 ESTEBAN OCON FRA FORCE INDIA MERCEDES 1:27.520 +1.440 94
7 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX FERRARI 1:27.930 +1.850 118
8 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO RENAULT 1:27.997 +1.917 125
9 29 RAFFAELE MARCIELLO ITA SAUBER FERRARI 1:28.829 +2.749 75