Senna entra em estado de coma profundo após acidente em Ímola, revela novo boletim médico

Equipe médica do hospital Maggiore revela, em novo boletim médico, que Ayrton Senna está em estado de coma profundo. O brasileiro sofreu um acidente de gravidade máxima durante a sétima volta do GP de San Marino deste domingo (1)

O acidente na primeira curva do traçado Enzo e Dino Ferrari, sede do GP de San Marino de Fórmula 1 deste domingo (1), vai provando ser tão dramático quanto o imaginado ainda na pista. No Hospital Maggiore, de Bolonha, a Dra. Maria Teresa Fiandri, chefe do departamento de reanimação e responsável por comandar os boletins médicos do piloto da Williams, anunciou que Ayrton Senna está em estado de coma profundo.

Senna passou reto na curva Tamburello e bateu de frente no muro que limita a pista. Atendido ainda no local e às pressas, Senna sofreu uma traqueostomia e foi levado de helicóptero diretamente ao Maggiore, sem passar pelo Centro Médico de Ímola.

O que restou do carro de Senna depois do acidente na Tamburello (Foto: Getty Images)

A batida de Ayrton é a terceira de gravidade alta num fim de semana que vai ficar marcado negativamente. Na sexta, Rubens Barrichello perdeu o carro na curva Variante Bassa e acertou o topo da barreira de pneus violentamente. O piloto perdeu a consciência, mas escapou com lesões não muito graves pelo corpo.

Porém, no sábado, o pior se concretizou: Roland Ratzenberger perdeu parte da asa dianteira na Variante Bassa e não teve qualquer comando sobre seu Simtek quando o carro escapou na curva Villeneuve. As lesões do austríaco foram fatais. Agora é Senna, três vezes campeão de F1, quem luta pela vida em estado gravíssimo e correndo risco de morte.

O GP de San Marino foi reiniciado após Senna ser encaminhado a Bolonha e teve vitória de Michael Schumacher, a terceira do ano.

GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de San Marino, terceira etapa da temporada 1994 da F1, revivendo o noticiário daquela data

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube