Van der Linde revela conversa com Lawson e critica comentários abusivos nas redes sociais

Kelvin van der Linde ficou marcado pelo acidente que causou na decisão do DTM, no último final de semana, que tirou o título de Liam Lawson. Nas redes sociais, o sul-africano se desculpou

A decisão do DTM foi marcada por polêmicas em Norisring, no último final de semana. Em uma prova cheia de acidentes e com ordens de equipe, o título acabou nas inesperadas mãos de Maximilian Götz. O que chamou mesmo a atenção, porém, foi o toque de Kelvin van der Linde no rival Liam Lawson ainda na largada da segunda prova no circuito alemão.

Lawson chegou à última etapa como líder do campeonato e na pole-position. Van der Linde era o vice e largava em terceiro. Logo na primeira curva de Norisring, o sul-africano forçou uma ultrapassagem e tocou no rival, que teve a suspensão danificada e terminou nas últimas posições.

Van der Linde, aliás, também enfrentou problemas. Após forçar um toque com Götz na disputa pelas primeiras posições, teve um pneu furado e rodou. Após fazer o pit-stop, acabou apenas na 17ª colocação e viu o título escapar. Hoje, nas redes sociais, fez um desabafo após as críticas que vem escutando desde o final de semana.

Kelvin van der Linde terminou a temporada apenas em terceiro lugar (Foto: DTM)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Depois da corrida de domingo, decidi sair das redes sociais e refletir sobre tudo que aconteceu. Naquele momento, queria falar com a pessoa que mais merecia um pedido de desculpas. Liam [Lawson] e eu conversamos na noite passada, falamos sobre tudo que ocorreu e me desculpei pelas ações que o tiraram do campeonato. Também me desculpei pela maneira como lidei com a imprensa após a corrida, estava cheio de adrenalina e tinha um microfone enfiado na minha cara assim que saí do carro. Não lidei bem e não estou orgulhoso disso”, disse Van der Linde.

“Na parte esportiva, todo mundo é livre para ter suas próprias opinião. Nós, pilotos, somos forçados a tomar decisões importantes em uma fração de segundo e nem sempre são as melhores, geralmente com sérias consequências. Os comentários que recebi nas redes sociais nos últimos dias deixam um gosto ruim e vou demorar para digerir. A única coisa que digo para aqueles que sentem que precisam escrever algo: vocês não me conhecem, nem a minha família, e definitivamente nunca passaram pelo que passei. Esporte é esporte, mas nunca se esqueçam que existem pessoas reais por trás disso e não desejo nada disso para nenhum ser humano”, completou.

Com todas as polêmicas e acidentes em Norisring, o título ficou com Götz, que fez 230 pontos, três a mais que Lawson. Van der Linde acabou na terceira posição, com 208, e quatro vitórias conquistadas durante a temporada. No desabafo, ele ainda diz que voltará mais forte no próximo ano “e fazendo coisas ainda melhores”.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar