14 pontos atrás, Verstappen admite 3º lugar do campeonato como “ainda boa meta”

Max Verstappen ainda tem uma meta a alcançar na temporada 2019, como não? Com 50 pontos ainda em disputa, pretende descontar os 14 pontos de desvantagem para Charles Leclerc e terminar o campeonato na terceira colocação

Com duas corridas restantes na temporada 2019 do Mundial de Fórmula 1 – o GP do Brasil desde fim de semana e o GP de Abu Dhabi -, Max Verstappen olha para uma meta final pensando em campeonato: terminar no terceiro lugar, à frente dos dois pilotos da Ferrari. Com 50 tentos em disputa, está 14 atrás de Charles Leclerc.
 
Verstappen reconheceu os problemas do pós-recesso que dificultaram a situação, mas lembrou a punição que Leclerc encara em São Paulo como algo que ao menos mantém a possibilidade acesa. 
 
"Vamos tentar. Perdemos muitos pontos depois das férias de verão, mas ainda é uma boa meta. Estamos alguns pontos atrás, mas o fato de Charles cumprir a punição aqui representa uma boa oportunidade para diminuir isso e ter uma corrida final bastante divertida", disse em entrevista com a presença do GRANDE PRÊMIO.
Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Um ano atrás, na edição de 2018 da prova, Verstappen e a Red Bull contavam com o melhor carro em ritmo de corrida. A vitória está próxima até a batida com Esteban Ocon. O holandês crê na repetição da boa vantagem.
 
"Eu espero que sim… Significaria que podemos ganhar a corrida. Seria uma forçação falar [que será competitivo] agora, mas vamos trabalhar no carro, entender o que poder melhor e, daí em diante, ser competitivo. Avaliando as duas últimas corridas, há uma possibilidade de fazer isso, sim. Podemos continuar aqui a boa forma mostrada em Austin", afirmou.
Hamilton chega ao Brasil já com o título de 2019 confirmado. Sem muito em jogo, Lewis busca a terceira vitória em Interlagos. A etapa tem cobertura IN LOCO do GRANDE PRÊMIO com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar