3º, Sainz vibra com melhor posição de grid na “classificação mais difícil que já tive”

Com direito a grande volta na fase final da classificação, Carlos Sainz garantiu o terceiro lugar no grid do GP da Estíria de Fórmula 1 e comemorou muito. O espanhol está confiante também no bom ritmo de corrida da McLaren para fechar o fim de semana com outro bom resultado

Definitivamente, a McLaren vive um grande começo de temporada 2020 da Fórmula 1. No fim de semana do GP da Áustria, prova que abriu o campeonato no mesmo Red Bull Ring que recebe o GP da Estíria, Lando Norris garantiu o quarto lugar no grid, que virou terceiro após punição imposta a Lewis Hamilton. Na corrida, o prodígio britânico confirmou a boa fase e, beneficiado por nova sanção imposta a Hamilton, fechou a prova em terceiro, enquanto Carlos Sainz foi ao pódio. Agora, quase uma semana depois, é a vez de o espanhol comemorar o seu feito. Carlos vai abrir a segunda fila do grid após classificação lotérica e marcada pela pista molhada no circuito austríaco neste sábado (11).

Até então, Sainz tinha três quintos lugares no grid como sua melhor posição de largada na Fórmula 1: GP de Barcelona de 2015, ainda com a Toro Rosso; GP da Hungria de 2018, com a Renault; e GP da Rússia do ano passado, já com a McLaren. Foi também a melhor classificação da equipe de Woking desde o GP da Inglaterra de 2014, quando Jenson Button partiu em terceiro.

Carlos Sainz
Carlos Sainz obteve a melhor classificação da McLaren desde o GP da Inglaterra de 2014 (Foto: McLaren)

Na fase final da sessão, Sainz registrou 1min20s671, conseguiu o feito de deixar para trás carros mais rápidos, como a Mercedes de Valtteri Bottas, quarto no grid, e Alexander Albon, da Red Bull, o sexto. Carlos ficou a menos de 0s2 da marca estabelecida por Max Verstappen, que vai dividir a primeira fila do grid com o pole Lewis Hamilton.

Ao falar sobre o feito, Sainz vibrou e ressaltou as dificuldades diante de uma pista traiçoeira em razão das condições.

“Muito feliz em ficar em terceiro no grid pela primeira vez na minha carreira. Foi incrível, especialmente porque a classificação foi a mais difícil que já tive Tinha tanta aquaplanagem que parecia uma loucura”, disse o dono do carro #55.

Para domingo, Sainz acredita que pode brigar por uma posição e aposta no ritmo de corrida do MCL35. “O carro em ritmo de corrida foi melhor do que pensávamos, por isso estamos confiantes para amanhã. Vou ter Alex e Valtteri atrás, então as primeiras voltas vão ser difíceis, mas espero que consiga estar meu ritmo”, concluiu.

A largada do GP da Estíria está marcada para 10h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube