carregando
F1

Acionista da Williams, Wolff assume como diretor-executivo da Mercedes e se torna sócio ao lado de Lauda

Logo após a Williams confirmar a saída de Toto Wolff, a Mercedes anunciou o austríaco como seu novo diretor-executivo. Ainda sócio do time de Grove, dirigente agora possui também ações do time prateado, assim como Niki Lauda

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Poucos minutos após a Williams confirmar a saída de Toto Wolff, a Mercedes anunciou a contratação do austríaco para o posto de diretor-executivo da equipe. Além disso, o agora ex-dirigente de Grove assume a posição que foi de Norbert Haug durante 22 anos como diretor de competições da marca.

Além do anúncio de Wolff, a equipe de Brackley também anunciou que Niki Lauda, diretor não-executivo da Mercedes, vai comprar ações do time.

Além de acionista na Williams, Wolff também deixou em Grove um piloto do qual é empresário (Foto: Williams/LAT)

“A Mercedes é um dos mais importantes participantes do esporte a motor no mundo”, disse Wolff. “Não sou apenas um grande fã, mas um amigo de longa data e um entusiasta da marca”, continuou.

“Estou ansioso para o desafio e, junto com a preparação para uma temporada de sucesso, também quero focar na promoção de um novo talento”, anunciou. “Estou deixando a Williams em uma situação boa e sentirei falta do time e dos amigos que fiz lá. Também gostaria de desejar a Frank e a toda Williams toda sorte para o futuro.”

Dieter Zetsche, presidente da Mercedes-Benz, também recebeu o novo funcionário e afirmou que, junto com Lauda, o austríaco guiará a Mercedes para uma nova era.

"Como empresário, investidor e dirigente no automobilismo, Toto Wolff provou que este esporte está em seu sangue. Ao mesmo tempo, ele também está ciente das necessidades econômicas deste negócio”, comentou Zetsche. “Com Toto Wolff, conquistamos não só um especialista para a nossa equipe da F1, mas também um entusiasta de longa data da marca Mercedes-Benz.”

“Junto com ele e Niki Lauda, vamos desenvolver nossas atividades automobilísticas ainda mais e guiar a Flecha de Prata para a próxima era”, encerrou.