Ainda enfrentando problemas de excesso de peso, Sauber já trabalha em chassi mais leve para GP da Espanha

A Sauber, que ainda luta contra o excesso de peso de seu carro em 2014, já trabalha em um novo chassi mais leve, que deve ser colocado na pista em maio, no GP da Espanha

A Sauber está preparando um novo chassi mais leve para o GP da Espanha, que acontece em 11 de maio. A informação é da revista inglesa 'Autosport'. A equipe suíça ainda luta contra o excesso de peso de seu modelo C33. E a falha tem sido decisiva para o desempenho de seus dois pilotos na atual temporada.

De acordo com o regulamento da F1 para 2014, o peso mínimo do conjunto carro/piloto deve ser de 692 kg, 50 kg a mais do que no ano passado. A diferença acontece por conta do novo motor V6 e seus componentes.

Sauber luta contra excesso de peso de seu C33 (Foto: Getty Images)

E como parte de um grande pacote de atualização para a fase europeia do campeonato, o time chefiado por Monisha Kaltenborn está trabalhando em uma série de medidas para redução de peso, que visa enxugar 20 kg do carro.

"Estamos planejando uma grande atualização para Barcelona, mas para as próximas corridas, Bahrein e China, vamos introduzir apenas pequenas mudanças para minimizar o problema com o peso", afirmou a chefe da equipe de Hinwil em declaração à publicação britânica.

A Sauber é uma das quatro equipes que ainda não somou um único ponto no campeonato em 2014.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar