Após catarse em 2015, GP do México projeta festa ainda melhor e planeja invasão de 30 mil fãs na pista

Rodrigo Sánchez, diretor de marketing do GP do México, quer entregar ao fã e à própria F1 uma atmosfera ainda mais incrível do que a vista na edição do ano passado no Autódromo Hermanos Rodríguez: “Estamos trabalhando com a FOM para saber se podemos encher a pista com os fãs”

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Um dos grandes momentos da temporada 2015 da F1 foi a festa feita pela torcida mexicana no Autódromo Hermanos Rodríguez, que voltava a receber o Mundial depois de um hiato de 23 anos. A grande festa do pódio, diferente de todas as outras provas do calendário, não aconteceu na reta dos boxes e sim no antigo estádio de beisebol Foro del Sol, levando a torcida ao delírio e entregando uma atmosfera parecida com a de jogos de futebol, impressionando pilotos, dirigentes e o mundo do esporte como um todo.
 
Mas a organização do GP do México planeja uma festa ainda maior e com muito mais fãs para acompanhar bem de perto o pódio. Rodrigo Sánchez, diretor de marketing do evento, planeja colocar até 30 mil pessoas para acompanhar a comemoração dos pilotos após a corrida.
Pódio do GP do México de F1 (Foto: LAT Photographic)
“Acho que o pódio foi uma das coisas mais surpreendentes. E já estamos trabalhando com a FOM para saber se podemos encher a pista com os fãs. Porque, se o fizermos e as arquibancadas estiverem cheias, vai ser mesmo espetacular”, declarou Sánchez em entrevista ao site norte-americano ‘Motorsport.com’.
 
“Só temos de encontrar a melhor forma de fazê-lo. Mas estamos tentando fazer com que esse ano seja ainda maior e mais especial”, declarou o agente de marketing, fazendo comparações com outra icônica festa da F1, ocorrida no GP da Itália.
 
“O bom do pódio de Monza é que a pista está cheia de enormes bandeiras. O do México em 2015 foi espetacular, mas se você olhar a pista, contando fotógrafos e fiscais, apenas 500 pessoas estavam na parte da frente do pódio”, destacou.
 
“Para melhorar a imagem, precisamos encher a pista de gente. O problema é que temos de ter 30 mil pessoas e levá-las em tempo para chegar a essa zona. Da mesma forma, precisamos de gente que não queira deixar as arquibancadas vazias. Então estamos tentando encontrar a melhor forma de fazê-lo”, complementou Sánchez.
PADDOCK GP #46 TRAZ BOB KELLER E DEBATE VITÓRIAS DE FRAGA E PEDROSA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube