Aposentado e fora dos radares há três anos, Brawn lança livro com segredos para comandar equipes da F1

Ross Brawn foi campeão com a Benetton, Ferrari, Brawn GP e ajustou a Mercedes para o período de glórias. Se tornou, assim, uma figura quase mítica na F1. Agora, aposentado, vai lançar um livro sobre as estratégias na F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Os segredos que Ross Brawn coletou em seus tempos de F1 para fazer de uma equipe vitoriosa vão para as bancas. 'Total Competition: Lessons in Strategy from Formula One' é um livro escrito em conjunto entre Brawn e o ex-diretor-executivo da Williams, Adam Parr. 

 
A ideia partiu de Parr, que entrou na Williams quando Brawn já era uma lenda na F1. Os dois ficaram amigos e Parr surgiu com a ideia para sua tese de doutorado. No livro, os dois repassam antigas teses militares de combate e conquista e fazem analogias com a vida na F1. Parr não ficou muito tempo no Mundial. Foi completar seu PhD na Universidade College London e publicou outro livro sobre seus tempos na Williams: 'The Art of War: Five Years in Formula One'.
 
"Eu abordei Ross com relação a essa ideia porque gostava da forma como ele trabalhava na F1 enquanto eu estava lá. Ross estava entrando em seu período sabático quando eu comecei na Williams, no final de 2006. Quando ele reapareceu, um ano depois, na Honda, tinha ouvido muito sobre ele. Então assisti maravilhado a forma metódica como ele trabalhava durante 2008 e 2009, tornando o que seria um desastre para a maioria das equipes num sucesso extraordinário", disse.
 
"Notei que a forma como Ross trabalhou foi instintivamente estratégica. Continuamos em contato depois que eu saí da F1, e, quando eu terminei meu PhD, pensei que seria divertido escrever um livro sobre como ele trabalhava – testar sua metodologia na F1 contra a teoria e prática da estratégia que eu tinha estudado", explicou.
Ross Brawn (Foto: Getty Images)
Para Brawn, fora da F1 desde que deixou a Mercedes ao final de 2013, foi uma descoberta pessoal.
 
"Adam veio a mim e disse que muitas vezes os ensinamentos e filosofias dos estrategistas militares são similares à abordagem que eu tomei na F1. Preciso dizer que muitas delas eu peguei, mas não conscientemente. Não li estratégias militares, então não sabia a arte da guerra e tudo isso", contou ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
 
"Então ele me mostrou e fizemos analogias interessantes entre os ensinamentos dos filósofos e estrategistas militares chineses e alguns estrategistas romanos. Também avaliamos uma abordagem chamada 'arte operacional' que foi desenvolvida pelos soviéticos depois da Primeira Guerra Mundial e parecia particularmente relevante", avaliou.
 
"Montar um exército e vencer guerras é uma equação multi-facetada que inclui políticas, questão financeira, moral e os mais óbvios aspectos de capacidade técnica, tantas coisas. Dá para olhar para a F1 e dizer que é o mesmo", afirmou.
 
"A questão é que o sucesso na F1 exige que você seja um estrategista. E isso é o que discutimos. O que esperamos é que a discussão não chame atenção apenas de fãs da F1, mas também pessoas que precisem gerenciar desafios complexos com recursos limitados e talvez num ambiente competitivo", encerrou. 
 
O livro de Brawn e Parr será oficialmente lançado em novembro deste ano pela editora Simon & Schuster. 
 
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube