Brawn sente que chance de título faz Verstappen ver campeonato “como um todo”

Max Verstappen, da Red Bull, passou a enxergar o campeonato “como um todo” após entrar de vez na briga pelo título mundial. Essa é a análise de Ross Brawn, diretor-esportivo da F1

Lewis Hamilton conquistou a vitória 97 na F1: assista aos melhores momentos do GP de Portugal de F1 (Foto: GRANDE PREMIO com Reuters)

Ross Brawn, diretor-esportivo da Fórmula 1, viu no GP de Portugal uma postura diferente de Max Verstappen. O dirigente acredita que o piloto Red Bull, por finalmente ter chances reais de lutar pelo título, parece enxergar o campeonato “como um todo” em busca da conquista.

Segundo Brawn, o antes imediatista Max Verstappen está mudando a percepção em relação às corridas. O holandês agora busca otimizar pontos no campeonato para conseguir o tão aguardado título mundial da Fórmula 1.

“Está claro que a forma com que o Max está vendo o campeonato é diferente. Ele finalmente tem um carro para brigar pelo Mundial. A mente dele mudou, ele está olhando para o campeonato como um todo”, escreveu o dirigente em coluna no site oficial da F1.

“Isso tem de acontecer quando você é um postulante ao título, o foco deve estar em se consolidar quando você não é o mais rápido. Quando oportunidades se apresentam, como um problema mecânico de um rival ou um safety-car, você deve estar em posição de atacar”, seguiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ross Brawn, diretor-esportivo da Fórmula 1.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Se Lewis ou a Mercedes tivessem problemas em Portugal, Max estava apto a reagir. Então, embora tenha sido frustrante hoje, ele pode ver que a Red Bull está reagindo e aceita que haverá uma chance neste campeonato”, destacou.

O dirigente de 66 anos aproveitou para analisar o calendário até aqui. Foram três etapas realizadas, com as próximas duas corridas acontecendo em Barcelona, no próximo domingo (9), e Mônaco, no dia 23 de maio.

“Barcelona será potencialmente diferente em termos de condições e tipo de pista. E Mônaco será um grande duelo entre os dois, já que ambos provavelmente serão fortes lá”, projetou.

“Tivemos três corridas em três pistas diferentes e em cada uma delas houve uma luta de verdade entre Max e Lewis, o que é um bom presságio para uma batalha pelo título fascinante este ano”, concluiu.

Com uma vitória e dois segundos lugares até aqui, Verstappen ocupa a vice-liderança com 61 pontos conquistados, oito a menos que o líder, Hamilton.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube