Button fala que vai aceitar "qualquer que seja a decisão da McLaren", mas diz que não está pronto para sair da F1

Jenson Button afirmou que vai aceitar a decisão que a McLaren sobre seu futuro, mas enfatizou que não está pronto ainda mais parar de correr. "Agora cabe a McLaren tomar uma decisão e eu vou respeitar o que eles decidirem", disse

Jenson Button procurou minimizar a preocupação com relação ao seu futuro na McLaren e na F1, apesar de deixar claro que ainda não se sente pronto para deixar o Mundial. Nesta quinta-feira (4), o conselho da equipe inglesa se reúne para decidir quem será o companheiro de equipe de Fernando Alonso para 2015.

Acredita-se que a disputa basicamente está entre a experiência de Button e a juventude de Kevin Magnussen, que viveu um ano bastante razoável ao bordo do MP4-29, ainda que não tenha superado o inglês em número de pontos na tabela final de classificação. Entende-se também que, apesar do encontro, é possível que nenhum anúncio seja feito até a próxima semana.

"Agora cabe à McLaren tomar uma decisão e eu vou respeitar o que quer que eles decidam. Eu tive uma grande carreira na F1 e apenas gostaria de continuar por aqui. Eu não estou preparado para parar de correr, não. Eu estou aqui para competir, para fazer o melhor trabalho, que é o que sempre tento fazer a cada fim de semana", explicou.

Jenson Button fez uma foto comemorativa com a McLaren em Abu Dhabi (Foto: Getty Images)

"Às vezes, o trabalho não funciona como a gente quer, mas na maioria do tempo dá tudo certo. Na verdade, você só precisa guiar o carro o mais rápido que puder e fazer o melhor que conseguir, porque o resto não está em suas mãos. Mas ainda sinto que tenho muito a fazer aqui", completou.

Button, entretanto, não quis traçar planos para o caso de realmente ficar de fora do grid. "Eu quero pilotar pela McLaren", enfatizou.

"Para mim, os últimos meses foram complicados. É muito difícil atravessar essa fase de incerteza, mas nesses últimos dias eu tenho recebido um enorme apoio dos fãs e de muitos outros torcedores pelas redes sociais", afirmou Jenson, dizendo ainda que não seria um problema dividir a McLaren com Fernando Alonso.

"Ele é um cara que seria um grande desafio de trabalhar junto, porque você sempre quer superar seu companheiro de equipe, então seria um grande desafio mesmo", finalizou.

#GALERIA(5162)
DIRETAS GP

A REVISTA WARM UP e o GRANDE PRÊMIO abriram nesta terça-feira (2) sua já tradicional votação de 'Melhores do ano'. Depois de votação interna dos jornalistas da equipe da AGÊNCIA WARM UP, cinco candidatos foram indicados em cada uma das 11 categorias, e os vencedores serão definidos pelos leitores em votação popular que fica aberta por uma semana, até o dia 8 de dezembro.

 
O recordista de indicações é Rubens Barrichello, campeão da Stock Car, que concorre nas categorias 'Melhor piloto que compete no Brasil', 'Melhor piloto de Turismo/Endurance/Rali' e 'Melhor piloto brasileiro'. A categoria principal, 'Melhor piloto de 2014', tem os seguintes candidatos: Daniel Ricciardo, Lewis Hamilton, Marc Márquez, Valentino Rossi e Will Power.

Vote já nos melhores da temporada 2014 aqui no GRANDE PRÊMIO.

O PRINCIPAL RESPONSÁVEL

A comissão de notáveis formada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para apurar as causas do acidente de Jules Bianchi concluiu que o francês foi o principal responsável pela batida que aconteceu no GP do Japão, no dia 5 de outubro, em Suzuka. O relatório, divulgado nesta quarta-feira (3), disse que o piloto falhou ao não reduzir o suficiente a velocidade ao contornar a curva 7 e minimizou a presença da presença de um trator na área de escape sem que o carro de segurança fosse acionado.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

COREIA DE VOLTA
A FIA apresentou nesta quarta-feira (3) o calendário da temporada 2015 da F1. Com 21 etapas, a grande novidade do programa é – o ainda não confirmado – retorno da Coreia do Sul.
 
O calendário foi divulgado no conselho mundial da entidade em Doha, no Catar. Mais uma vez, a temporada começa na Austrália, com a primeira etapa do campeonato marcada para 15 de março.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube