Sainz cita “disciplina Ferrari” e afasta euforia após desempenho nos testes da F1

Piloto que mais acumulou voltas em Barcelona, espanhol afirmou que a equipe não vai criar expectativa com base em apenas uma sessão de preparação

COMO FOI O TERCEIRO DIA DA PRÉ-TEMPORADA DA FÓRMULA 1 2022 EM BARCELONA | Briefing

O carro da Ferrari foi o que apresentou o maior nível de confiabilidade nos três dias de testes de pré-temporada da Fórmula 1 em Barcelona. O desempenho do F1-75 mostrou para os adversários que a escuderia italiana vai brigar pelo topo em 2022 e tem chances de quebrar o jejum de vitórias, que não acontecem desde a temporada 2019. Mas, apesar do otimismo, Carlos Sainz revelou que a equipe adota uma postura disciplinada e não quer criar expectativa com base em uma sessão de preparação para o campeonato.

Sem perspectiva de vitórias nas temporadas 2020 e 2021, a Ferrari voltou às atenções para a construção e, mais tarde, o desenvolvimento do novo carro, que segue os conceitos determinados no revolucionário regulamento da F1. E o pensamento mais à frente já mostrou alguns resultados na primeira sessão de testes de pré-temporada.

Carlos Sainz esteve no cockpit da Ferrari na manhã do segundo dia (Foto: Ferrari)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Em Barcelona, o F1-75 foi o modelo que mais acumulou voltas somando os três dias, com 439 giros ao todo. Foram 46 voltas a mais do que o carro da Mercedes, segunda colocada. Além do quesito geral, a Ferrari fechou os testes na frente com Sainz, que foi o piloto que mais somou quilometragem. Foram 236 voltas do espanhol em Montmelo.

Mesmo com o forte desempenho e confiabilidade, o espanhol revelou que o rigor ferrarista impede que sejam criadas expectativas baseadas em apenas três dias de testes. “Como equipe, somos muito disciplinados em não ter expectativas porque não confiamos em nada nesses testes”, afirmou Sainz, em entrevista à TV italiana Sky Sports.

“Você não verá uma equipe feliz ou decepcionada porque escolhemos ser disciplinados em não acreditar muito no que acontece durante esses testes”, completou o piloto, que vai para o seu segundo ano na escuderia. O espanhol também aproveitou para ressaltar que a Ferrari permanece focada no aprendizado e desenvolvimento do carro.

“Acabamos de fazer nosso plano de corrida, não pensamos muito sobre onde estamos agora, mas apenas no desenvolvimento do carro”, disse Sainz, que também exaltou a confiabilidade. “Quando você faz 150-200 voltas em um dia e meio, você tem que ser otimista, pois o carro não lhe deu problemas”, sublinhou.

LEIA TAMBÉM
+Haas lamenta problemas nos testes, mas vê “bom progresso” em Barcelona
+Alfa Romeo realiza shakedown e mostra nova pintura da C42 na pista em Barcelona

Às vésperas da sua quarta temporada em Maranello, Charles Leclerc segue a linha de raciocínio do companheiro, mas acrescentou que a mudança de regulamento é uma oportunidade da equipe em voltar a vencer, depois de dois anos de jejum, maior sequência negativa do time desde as temporadas 1992 e 1993.

“É um ano completamente novo, o que representa uma oportunidade para nós, sabemos disso”, começou Leclerc, que acumulou 203 voltas em Barcelona. “Temos que explorar a oportunidade o máximo possível. Neste ano, queremos voltar a lutar por algumas vitórias”, completou o monegasco, que foi responsável por dois dos últimos três triunfos da Ferrari na F1, quando cruzou a linha de chegada em primeiro lugar na Bélgica e na Itália em 2019.

Charles Leclerc foi o líder do segundo dia de testes da F1, em Barcelona (Foto: Ferrari)

Leclerc considerou que, para a equipe italiana reencontrar o caminho vencedor, um dos fatores essenciais é um esforço conjunto dentro da escuderia. “Temos que nos dedicar 200%, é o que estamos fazendo, e eu realmente espero ver os resultados nesta temporada”, finalizou o piloto de 24 anos, que ficou com o quinto melhor tempo geral dos testes de pré-temporada em Barcelona.

Para comprovar que a Ferrari está em um nível acima comparada aos últimos dois anos, Sainz e Leclerc vão retornar ao cockpit do F1-75 nos próximos dias 10, 11 e 12 de março, quando será realizada a última sessão de testes de pré-temporada no Bahrein. É também no Circuito de Sakhir que tem início a temporada 2022, no dia 20 desse mês.

PIETRO FITTIPALDI É MELHOR OPÇÃO PARA SUBSTITUIR MAZEPIN NA F1?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar