Sainz minimiza erro da Ferrari em pit-stop no GP da Turquia: “Não é dia de se lamentar”

Carlos Sainz largou em penúltimo no GP da Turquia e terminou em oitavo. Mesmo ciente que poderia ter ido além neste domingo, o espanhol não lamentou: “Nos saímos bem como equipe”

F1 NA TURQUIA: BOTTAS VENCE E VERSTAPPEN RECUPERA A LIDERANÇA DO CAMPEONATO | Briefing

Eleito Piloto do Dia do GP da Turquia pelos fãs da Fórmula 1, Carlos Sainz foi um dos grandes destaques deste domingo (10) em Istambul Park. O piloto da Ferrari largou na última fila, em 19º, em razão da punição por troca de todos os componentes de motor, empreendeu uma grande ‘remontada’ e terminou em oitavo. Mas Sainz poderia ter ido além se não fosse por um erro da Ferrari no momento do seu pit-stop. Nada que abale a confiança de Carlos na escuderia de Maranello, pelo contrário.

“Eu precisava ser agressivo. Quando se larga do fundo do grid, você precisa ser agressivo, e hoje foi um bom dia para tentar e correr um pouco mais de riscos. Nós trabalhamos bem”, destacou o dono do carro #55.

A CLASSIFICAÇÃO DA TEMPORADA 2021 DA FÓRMULA 1 DEPOIS DO GP DA TURQUIA

CARLOS SAINZ; FERRARI; GP DA TURQUIA; FÓRMULA 1;
Carlos Sainz foi eleito pelos fãs como o Piloto do Dia do GP da Turquia (Foto: Scuderia Ferrari)

“Mostrei um bom ritmo ao longo da corrida. Foi uma pena que o erro no pit-stop nos custou a chance de conseguirmos lutar por algo mais e terminarmos um pouco mais à frente. Mas hoje não é dia de se lamentar. Nos saímos muito bem como equipe”, reforçou Sainz.

Satisfeito com o resultado final, Sainz se mostrou aliviado por cumprir a punição pela troca de motor e, agora, poder se concentrar nas próximas seis corridas que vão marcar o desfecho da temporada 2021 da Fórmula 1. “Vamos continuar lutando”, finalizou o piloto de 27 anos.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ao fim da 16º corrida do calendário, o piloto da Ferrari ocupa a sexta colocação do Mundial de Pilotos e tem 116,5 pontos. Logo atrás do espanhol está o seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, que soma somente 0,5 ponto a menos.

Fórmula 1 volta a acelerar dentro de duas semanas para o GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas, em Austin.

* colaborou Samuel Novaes

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar