Leclerc rejeita rótulo de arrogante na Fórmula 1: “Essas críticas me machucam”

Charles Leclerc admitiu, em entrevista, que mudou muito desde que chegou à Fórmula 1. O monegasco, no entanto, não acredita que tenha se tornado arrogante e diz que as críticas pesadas o afetam

Em 2021, Charles Leclerc parte para sua terceira temporada com a Ferrari, a quarta na Fórmula 1. Dono de personalidade marcante, muitas vezes o monegasco não se poupa pelos próprios erros e fala abertamente sobre essas questões. Em entrevista, porém, ele não acredita que seja arrogante.

Na conversa à Sky Itália, Leclerc reconheceu que mudou como pessoa desde que chegou à F1, mas não se tornou necessariamente alguém pior e que as críticas feitas por fãs e jornalistas o afetam muito.

“Sim, algumas coisas mudaram, mas não sou arrogante, não mudei dessa maneira. Essas críticas me machucam mais do que outras, mas eu já sei que não mudei nesse aspecto”, disse o piloto da Ferrari.

Leclerc não aceitou bem algumas críticas sobre sua personalidade (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Tudo na minha carreira foi muito rápido e na direção correta, mas sempre tenho em mente alguns conselhos para melhorar. Por isso, me dói e me enoja muito que me rotulem como arrogante”, completou.

Nesta temporada, o monegasco ganha a companhia de Carlos Sainz na escuderia italiana, substituindo Sebastian Vettel, que foi para a Aston Martin. A Ferrari planeja apresentar o SF21, modelo para este campeonato, no dia 10 de março, em evento online ainda sem horário definido.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube