F1

Chefe da Ferrari nega interesse em Verstappen para 2020: “Já temos dois pilotos”

Max Verstappen interessa à Ferrari? Mattia Binotto garante que não: a equipe dá a permanência de Sebastian Vettel em 2020 como certa. Com Charles Leclerc também garantido, a equipe italiana nega entrar em negociações

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
A já ventilada possibilidade de aposentadoria de Sebastian Vettel ao fim de 2019 serviu para alimentar a possibilidade de interesse da Ferrari por Max Verstappen para 2020. A alta cúpula da equipe italiana, entretanto, contou história diferente: de acordo com Mattia Binotto, chefe da escuderia, disse não ter dúvidas sobre a manutenção da dupla atual, o que implica em nem ter interesse pelos serviços de Verstappen.
 
“Não, certamente não [temos interesse em Verstappen]”, afirmou Binotto, questionado pela emissora Sky Sports. “Só posso confirmar o que o Seb [Vettel] já disse. Já temos dois pilotos, dois contratos acertados e estamos muito felizes. A nossa dupla para o próximo ano está resolvida e não há motivos para acreditar que vá mudar. Acho que as coisas estão correndo bem nesse sentido”, seguiu. Tanto Vettel quanto Charles Leclerc carregam contratos ainda válidos em 2020.
Max Verstappen não está no radar da Ferrari (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
O rumor da aposentadoria de Vettel é fruto de uma declaração do próprio alemão em abril. Na ocasião, Sebastian condicionou a permanência ao rumo da categoria nos próximos anos. Depois, em junho, veio a explicação de que o plano ainda é de seguir no grid pela Ferrari.
 
Verstappen, por sua vez, já vive um momento diferente na Red Bull. O possível acionamento de cláusula rescisória por falta de vitórias no primeiro semestre virou coisa do passado após triunfo no GP da Áustria. Christian Horner, chefe de Max, não teme nada.
 
“O contrato entre um piloto e uma equipe sempre vai ser algo confidencial, mas podemos dizer que provavelmente todos os pilotos no pit-lane têm cláusulas no contrato. Houve especulação sobre o contrato do Max, mas é só especulação. Ele está muito feliz com a equipe e acredita no projeto”, encerrou.
 

 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.