Chefe da Ferrari se impressiona com semelhança e afirma que Vettel é “cópia em carbono” de Schumacher

Maurizio Arrivabene, que já acompanhava o dia a dia da Ferrari nos tempos de Michael Schumacher, declarou que as semelhanças entre Sebastian Vettel e o heptacampeão mundial de F1 são impressionantes

Maurizio Arrivabene não consegue ver Sebastian Vettel sem se lembrar de Michael Schumacher. O novo chefe da Ferrari declarou que as semelhanças entre os dois alemães impressionam.
 
Schumacher correu na Ferrari entre 1996 e 2006 e ajudou a reconstruir a equipe, que não era campeã de Pilotos desde 1979. Com o carro vermelho, faturou cinco títulos. Neste período, Arrivabene, agora chefe da equipe, já estava envolvido como representante da principal patrocinadora do time, a Marlboro.
 
Em 2015, Vettel chega com objetivo parecido: acabar com um jejum de títulos participando de um processo de reconstrução em Maranello.
Sebastian Vettel (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
“Eu estava por perto durante a época do Michael, vivendo no coração da equipe, e devo confessar que há horas em que olho para Vettel e fico emocionado, impressionado como em algumas coisas ele realmente é uma cópia em carbono do Schumi”, disse Arrivabene em entrevista ao portal italiano ‘Quotidiano’.
 
“Para quem conheceu os dois, são impressionantes as similaridades. Esperamos que com o tempo os resultados sejam os mesmos”, continuou.
 
O dirigente também destacou a disposição que há entre seus dois campeões mundiais para trabalhar em conjunto é enorme. “Há uma colaboração saudável entre Seb e Räikkönen. Eu também acredito no Kimi e nunca escondi isso. Eles são amigos e também tem um grande desejo de cooperar”, destacou.
ADIANTADA

Teve McLaren-Honda na pista nesta segunda-feira (16). Jenson Button conduziu o MP4-30 em um dia de filmagem realizado pela equipe no Circuito da Catalunha antes do início da segunda bateria de treinos coletivos da pré-temporada da F1. Trata-se de uma oportunidade de a McLaren ganhar mais quilometragem e se certificar de que resolveu os problemas que o V6 turbo da Honda apresentou durante os testes em Jerez no início do mês. Na ocasião, apenas 79 voltas foram completadas por Button e por Fernando Alonso em quatro dias de trabalhos.

Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube