Chefe da Red Bull cutuca Renault e defende Ricciardo: “Tinha motivos para sair”

Christian Horner analisou as movimentações mais recentes do mercado da Fórmula 1. Chefe de equipe afirmou que Sebastian Vettel ainda pode arranjar lugar no grid, enquanto Daniel Ricciardo teve motivos para decidir sair da Renault após disputar apenas uma temporada

Christian Horner, chefe da Red Bull, voltou a comentar sobre as recentes movimentações do mercado da F1, em especial a saída de Sebastian Vettel da Ferrari ao fim de 2020.
 
O tetracampeão foi piloto da equipe austríaca entre 2009 e 2014, conquistando todos os seus títulos mundiais. Horner indiretamente fechou a porta para Sebastian, mesmo sem confirmar a permanência de Alexander Albon em 2021, mas admitiu que é uma pena caso ele deixe o grid.
 
"Foi ótimo fechar com o Max [Verstappen] antes do ano novo e Alex [Albon] está fazendo um grande trabalho. Estamos bem contentes com a dupla que temos. Será uma pena para Sebastian se ele deixar a F1, mas teve uma carreira incrível. Alcançou sucesso enorme, e conhecendo ele como conheço, sei que esta decisão precisou de muita análise", declarou em entrevista ao site inglês ‘The-Race.com’.
Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
Para Christian, não falta lugar para Vettel no grid da Fórmula 1, basta apenas saber qual papel ele quer cumprir, e ainda sugeriu uma vaga ao alemão.
 
"Ele tem integridade, tem moral e sabe o que quer fazer no futuro. Se quiser permanecer na Fórmula 1, eu não sei, mas não faltarão oportunidades. Ele decidiu que o tempo com a Ferrari acabou, então apenas desejamos o melhor para ele. Não vamos esquecer que existe um lugar vago na Mercedes no ano que vem. Se vai encaixar bem para as duas partes, eu não sei", seguiu.
 
Horner também revelou recente contato com Daniel Ricciardo, que trocou a Renault pela McLaren. Os dois trabalharam juntos entre 2014 e 2018 pela Red Bull.
 
"Eu recebi uma mensagem legal do Daniel na semana passada. Sempre estamos em contato. Tenho certeza que tinha motivos para sair da Renault depois de 12 meses. Não fizemos uma corrida este ano e já pulou para a McLaren. Eles têm seus motivos e não estou a par disso. Já são crescidos e tomam as próprias decisões"
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube